Decoração, reforma e construção

Do medo do desemprego ao próprio escritório: como Natália Salla conquistou milhares de seguidores

Arquiteta afirma que 90% dos seus clientes chegam por causa da sua atuação nas redes sociais

Por:Breno Damascena 16/04/2024 3 minutos de leitura
natalia-sala
Com 180 mil seguidores no Instagram e 105 mil no Youtube, Natalia atrai a atenção de marcas e tem equipe com 30 arquitetos/ Crédito: Beatriz Sala/Divulgação

Publicidade

O medo de ficar desempregada fez a arquiteta Natália Salla começar a investir seu tempo na produção de conteúdos para a internet. Não foi de um dia para o outro, mas os vídeos acompanhando projetos residenciais desenvolvidos por ela mesma fizeram com que a jovem construísse um público significativo. Com 180 mil seguidores no Instagram e 105 mil no Youtube, a agora influenciadora atribui o seu sucesso ao carinho das produções.

A jornada da mulher de 33 anos, no entanto, começou ainda na juventude. Quando cursava o Ensino Médio, uma prima lhe convidou para visitar a Disney e isso a fez desistir do sonho de ser fisioterapeuta. “Eu queria cuidar da vida das pessoas e achava que a única forma era trabalhando na área da saúde. Nesta viagem, fiquei impressionada com o quanto a arquitetura poderia nos emocionar”, relembra Natália.

Fato é que a jovem saiu de Rio Claro (SP), sua cidade natal, e migrou para Campinas, interior de São Paulo, onde estudou Arquitetura antes de se mudar para a capital paulista. Na época, trabalhava como estagiária em um escritório de arquitetura. Ao acompanhar uma equipe de 20 pessoas passar a ter apenas três funcionários por conta de uma série de demissões, ela decidiu investir na produção de conteúdo para internet

+ Arquiteta usa humor para analisar projetos e criticar elitismo da área

Publicidade

“O mercado estava em baixa e eu fiquei com muito medo”, confessa. “Aproveitei que estava fazendo a reforma do apartamento de 61 m² que eu tinha comprado com meu marido para divulgar a obra. As pessoas acharam legal e a página começou a atrair clientes interessados em projetos. Eventualmente, o número de interessados aumentou e eu nunca fui demitida daquele emprego, mas precisei pedir demissão”, brinca.

Criando o próprio negócio

Natalia hoje está à frente de um escritório que recebeu o seu nome e conta com 30 arquitetos na folha de pagamento. Desde 2018, quando a empresa nasceu, mais de 600 projetos foram desenvolvidos. “Cuidamos de cerca de 40 obras ao mesmo tempo”, contextualiza. E o sucesso comercial, segundo ela, é resultado do trabalho que vem realizando como influenciadora digital desde então. 

“Acredito que 90% dos nossos clientes chegam pelas redes sociais”, comenta. “A internet tornou o arquiteto mais acessível. Antes, a prática era vista como uma realidade apenas para milionários, mas agora as pessoas não têm mais vergonha de perguntar quanto custa um projeto”, acredita. 

O segredo para esta relevância digital, segundo Natalia, é gerar identificação pessoal com os seguidores. “Sempre tentei mostrar um pouco da minha vida nos vídeos. Por isso, muitos deles sabem que eu adoro vinho, café e chocolate. Aí o cliente já chega na reunião trazendo estes itens”, aponta. “Também tento trazer um lado mais emotivo, que vai além da arquitetura por si só”.

Publicidade

+ Psicologia financeira: descubra o que é e como impacta a sua vida

Não à toa, ela usa os canais para responder dúvidas, fazer recomendações e compartilhar referências, mas principalmente para apresentar projetos que o seu escritório desenvolveu. São os vídeos de obras prontas e apartamentos decorados que têm o melhor desempenho no seu canal. Uma tour por um apartamento de 43 m² entregue no final de 2021 possui mais de 1,5 milhão de visualizações no Youtube. 

Influenciadora digital

Nestes imóveis desenhados por Natalia e sua equipe, ela carrega algo desde os seus primeiros projetos: os corredores. “Na casa da minha avó tinha um corredor que me dava medo. Eu sempre pedia a alguém que fosse comigo até a sala. Por isso, sempre quis fazer corredores mais coloridos, que fossem o destaque da casa. Muita gente chega até nós porque quer um corredor diferente”, comenta.

O corredor, aliás, é um dos destaques do vídeo em que Natalia apresenta o imóvel de 240 m² que se tornou seu novo lar há pouco mais de quatro meses – simbolizando o sucesso da arquiteta em sua empreitada. 

Publicidade

Além dos corredores, porém, os números de Natalia atraem a atenção de grandes marcas do mercado de decoração e agora ela não é capaz de desviar do rótulo de influenciadora digital. Porém, ela afirma que não deseja deixar a arquitetura de lado. “Amo ser influenciadora, adoro ensinar, mas a realização profissional de desenvolver os projetos é muito grande”, garante.

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Home office e pandemia freiam construção de prédios corporativos

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Fundo do governo de São Paulo vende primeiros imóveis e levanta R$ 50 mi

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Secovi-SP observa à distância carta em defesa à democracia

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Conheça os benefícios do programa Casa Verde e Amarela para o norte e nordeste

2 minutos de leitura