O levantamento Índice de Exposição a Crimes Violentos, realizado pelo Instituto Sou da Paz em 2018, lista e classifica os bairros mais seguros de São Paulo. O índice considera crimes letais, sexuais e contra o patrimônio e permite a comparação da vulnerabilidade da população a esses crimes.

Confira abaixo as dez regiões paulistanas mais seguras e conheça um pouco mais sobre cada uma delas:

Cambuci – Situado na área central da cidade de São Paulo, o Cambuci é vizinho de bairros tradicionais, como Mooca, Vila Mariana, Ipiranga, Liberdade e Aclimação. Parte de sua população é composta de imigrantes, predominantemente vindos da Itália, Espanha, China, Síria e Líbano.

Vila Diva – Localizado entre o chamado “Centro Expandido” da capital paulista e a zona leste, a Vila Diva é um bairro do distrito da Água Rasa. A região conta com uma história inusitada: a Capela Nossa Senhora Aparecida foi inaugurada em 1959, como pagamento de uma promessa da dupla caipira Tonico e Tinoco. 

Parque da Mooca – Bairro nobre, é um reduto de imigrantes italianos e seus descendentes. Tem agitada vida noturna, com muitos bares e restaurantes, e é casa do tradicional Clube Atlético Juventus. Mas há também influência indígena em sua formação, o que se evidencia no nome de muitas ruas, como a Chamantá, a Tacomaré, a Ibipetuba e a Jumana.

Carrão – Também conhecido como Vila Carrão, o bairro, situado na zona leste de São Paulo, abriga a maior comunidade de nipo-brasileiros oriunda da província de Okinawa, no Japão. Atualmente, a região passa por uma transformação, sendo tomada por condomínios de apartamentos de luxo.

Vila Clementino – Próximo ao Parque do Ibirapuera, o distrito da zona sul é repleto de empreendimentos de alto padrão. A região conta com completa infraestrutura e ampla gama de serviços e lazer, como escolas, faculdades e comércios, teatros, parques, clubes, cinemas, shoppings e museus.

Vila Matilde – O tradicional bairro da zona leste conta com os famosos “comércios de bairro”, principalmente presente na Avenida Waldemar Carlos Pereira. É um dos bairros mais importantes do carnaval paulistano, sede da tradicionalíssima escola de samba Nenê de Vila Matilde;

Vila Mariana – Localizado na zona sul de São Paulo, mas bem próximo à região central, o distrito é predominantemente de classe média e possui perfil misto, comercial e residencial. A Vila Mariana conta com importantes universidades, tradicionais colégios da capital paulistana e pontos turísticos conhecidos, como o Parque Modernista e a Cinemateca Brasileira;

Campo Belo – Vizinho de outros bairros de classe média e alta da zona sul da cidade como Itaim Bibi, Saúde e Moema, o Campo Belo recebeu recentemente sua primeira estação de metrô (Linha-5 Lilás) e é reconhecido por ser o local onde se encontra o Aeroporto de Congonhas, um dos mais movimentados de toda América Latina;

Monções – Estabelecido na zona sul, fica às margens do rio Pinheiros, entre o Brooklin Novo, Moema e Vila Olímpia, onde os edifícios residenciais de luxo se misturam aos grandes condomínios empresariais, hotéis e empresas multinacionais;

Jabaquara – Servido por duas estações de metrô, Jabaquara e Conceição, o bairro da zona sul inaugurou a Linha-1 Azul, em 1974, a primeira da cidade. Além disso, abriga o terminal rodoviário, que oferece fácil acesso ao litoral de São Paulo e está perto do Aeroporto de Congonha, inaugurado em 1940.