O bairro de Moema, que era oficialmente chamado de Indianópolis no passado, começou a crescer e ganhar notoriedade na década de 70, quando as construtoras pensaram em investir na região, nos terrenos planos e nos grandes lotes de baixo custo. Os investimentos na construção de moradia atraíram outros segmentos, como o comércio, com a inauguração do Shopping Ibirapuera, em 1976.

Hoje o distrito faz parte da lista dos bairros nobres de São Paulo e inclusive já foi considerado como o maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da cidade, maior até do que o da Noruega. O comércio e a estrutura das ruas que levam nomes de pássaros ou de substantivos indígenas diferenciam o bairro.

Preço

O valor atual do m² de um imóvel usado em Moema vai de R$ 6.800 a R$ 7.000, segundo a Pesquisa de Mercado da Capital do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SP). No caso de aluguel, o m² chega a custar R$ 43, de acordo com o Storia Imóveis.

Mobilidade

Em meados de 1880, a chegada de uma pequena ferrovia para bondes elétricos da Light and Power Company facilitou a locomoção na região. Hoje, a inauguração quase total da Linha 5 -Lilás do metrô conecta, por meio das estações Moema e Eucaliptos, o morador ou frequentador do bairro à zona sul (baldeação com a linha de trem 9- Esmeralda) e a região da Paulista (Linha 2-Verde e Linha 1-Azul). Outra grande vantagem do bairro são as ciclovias e ciclofaixas. Moema foi o primeiro distrito da cidade de São Paulo a contar com uma ciclofaixa. Por ser uma região plana, as pessoas são privilegiados ao transitar de bicicleta, de patinete elétrico ou até mesmo a pé pelas avenidas Iraí, Aratãs, Pavão e Rouxinol.

Educação

Em Moema há unidades prestigiadas de ensino particular e bilíngue, como o Colégio Maple Bear, Be living, Twice, Play Care e o My Gym. E os tradicionais Colégio Itatiaia e o Colégio Franciscano Nossa Senhora Aparecida.

Existem também instituições de ensino público, como a Escola Municipal Educação Infantil Prof. Ignácio Henrique Romero (Alameda Jauaperi, 1639), a EMEI Dona Anita Costa (Alameda dos Jurupis, 254) e o Centro de Educação Infantil Diret Indianópolis (Alameda Irae, 35). Além da Escola Estadual César Martínez (Alameda Iraé, 55) e a Escola Estadual Prof. Napoleão de Carvalho Freire (Rua Itaúna, 815).

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.
Saúde

O morador de Moema pode contar com o Hospital Alvorada para fazer tratamentos particulares ou utilizar o pronto-socorro. Também existem unidades hospitalares nos bairros bem próximos, como o Hospital da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo (IAMSPE) e o Hospital Santa Paula. O serviço público oferece a Unidade Básica de Saúde de Indianópolis Dr. Sigmund Freud.

Lazer

Por ficar muito próximo ao Parque do Ibirapuera, muitas vezes o local é a opção de lazer dos moradores do bairro, mas existem outras atrações na região, como o Parque da Bicicleta (Alameda Iraé, 35). Em seus 44.545 m² de área verde, é possível fazer outras coisas além de andar de bicicleta. A pista atende também aos usuários de patins e skate, além de oferecer uma academia ao ar livre e espaço para caminhadas. O parque faz parte de um complexo que reúne também a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME) e o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP). Para prática esportiva tem também os tradicionais Clube Atlético Monte Líbano (Avenida República do Líbano, 2267) e o Esporte Clube Sírio (Avenida Indianópolis, 1192).

O comércio de rua na região também é atração, principalmente no lado das ruas com nome de pássaros, onde é possível encontrar lojas de grife como a Bo.bô, os outlets da Jogê e da Lacoste, entre outras.

Talvez a rua mais famosa do distrito seja a Normandia, não só pelas lojas famosas, como a L’Occitane, a outlet da Uncle K, pela sorveteria Freddo ou pelo restaurante Phillipe, mas principalmente pela decoração de Natal, que recebe muitos turistas no final do ano.

A Feira da Arte de Moema, na Praça da Nossa Senhora Aparecida, reúne artesãos com diversos trabalhos. Em termos de atrações culturais, o bairro também abriga a Livraria da Vila (Avenida Moema, 493), a Toca da Leitura (Rua Canário, 1035), o Sebo Casa Puebla (Alameda dos Jurupis, 1256) e a casa de jazz Bourbon Street (Rua dos Chanés, 127).

Gastronomia

Quem frequenta Moema pode enfrentar problemas de indecisão ao escolher o local para comer e beber. Há diversas opções de restaurantes, bares e lanchonetes na região, lugares tradicionais e conhecidos. A alameda dos Arapanés oferece uma variedade deles, como o Aoyama, Stop Dog, Koban, Tony Roma’s, Burguer Lab Experience e Applebee’s.

As porções de pastéis e a cerveja gelada do famoso Bar do Giba chamam atenção de um grande público que, nos finais de semana de calor, lota as calçadas do local. E é em outro tradicional boteco, no Bar do Alemão, que alguns pratos típicos da Alemanha fazem sucesso, além do brasileiro bife à parmegiana.