Notícias

Após expandir produção de imóveis, MRV se prepara para turbinar shopping virtual

Objetivo da empresa é estreitar o relacionamento com a base crescente de clientes, perto de 150 mil novos consumidores de imóveis residenciais por ano

Por: Circe Bonatelli, O Estado de S. Paulo 21/07/2021 2 minutos de leitura
MRV pretende surfar a onda de digitalização vista em outros setores, como educação e saúde/ Crédito: Getty Images

Publicidade

Após a MRV&Co ocupar diferentes setores imobiliários (construtora MRV, empresa de loteamentos Urba e locadoras de apartamentos Luggo e AHS), o próximo passo será dar mais musculatura para o seu marketplace – chamado Mundo da Casa. O negócio surgiu em 2018 e já alcançou faturamento anualizado na ordem de R$ 100 milhões. Ainda é pouco perto do faturamento total de R$ 6,6 bilhões em 2020, mas, na visão da diretoria, dá para render muito mais. A ideia é surfar a mesma onda de digitalização das atividades que está sendo vista em áreas sem muita tradição no universo online, como educação e saúde.

A MRV&CO deve anunciar nas próximas semanas uma iniciativa para reforçar o portfólio do Mundo da Casa e a sua divulgação. O marketplace tem o propósito de reunir num só lugar diferentes produtos e serviços para os consumidores que compraram ou alugaram um imóvel do grupo e terão relação com a empresa por muitos anos. O negócio já oferece armários planejados, kit de acabamentos, serviços de decoração e descontos junto a parceiros como Magalu, Electrolux, Tok&stok, MadeiraMadeira, Petz, entre outros. Mais recentemente, também passou a oferecer seguros residenciais.

Empresa prevê ampliar em 150 mil o número de clientes

O copresidente da MRV&CO, Eduardo Fischer, afirma que o objetivo é estreitar o relacionamento com a base crescente de clientes. O grupo tem cerca de 500 mil clientes ativos. Além disso, está consolidando o patamar de produção de 50 mil moradias por ano – cada unidade recebe, em média, três pessoas. Portanto, são perto de 150 mil novos clientes na mira do marketplace.

Publicidade

Outras empresas tradicionais estão seguindo os mesmos rumos, inspiradas em unicórnios como o QuintoAndar, que cresceram no mercado imobiliário digital. A Gafisa, por exemplo, também decidiu criar seu próprio marketplace, chamado Viver Bem. A plataforma abrangerá classificados de compra, venda e locação de imóveis novos e usados, ofertas de serviços de decoração, reformas, seguros, eletroeletrônicos, crédito e administração de condomínio. A ideia é ser referência para os consumidores que pensam em qualquer atividade relacionada a moradias.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 16/07/2021, às 19h02: https://economia.estadao.com.br/blogs/coluna-do-broad/apos-expandir-producao-de-imoveis-mrv-se-prepara-para-turbinar-shopping-virtual/

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Publicidade

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Qual é o score ideal para conseguir um bom financiamento?

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Multas de condomínios: como são aplicadas e quais são os valores?

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Top Imobiliário 2022: Cyrela, Lopes e Tenda são as campeãs da 29ª edição

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Locação sob demanda reforça mobilidade urbana

2 minutos de leitura