Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


O Itau inovou para você ter mais crédito e pagar menos. QUERO SABER MAIS
O Itau inovou para você ter mais crédito e pagar menos. QUERO SABER MAIS

Página inicial / Guia de Bairros / Coletânea: conheça a origem dos nomes de alguns bairros de São Paulo

Coletânea: conheça a origem dos nomes de alguns bairros de São Paulo

Riviera sem mar, um jardim francês e até mesmo uma forca estão por trás das histórias da cidade


Da Redação

Há 14 dias - 3 minutos de leitura


A famosa Praça da Liberdade possui uma história melancólica, O local era conhecido como Largo da Forca/ Foto: iStock
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Indo de inspirações europeias, passando pela fauna e até pelos notáveis nomes indígenas. Confira abaixo uma lista repleta de curiosidades sobre a origem dos nomes de bairros de São Paulo.


Riviera Paulista

Riviera é o termo utilizado para definir uma região costeira, sendo comumente utilizado para se referir às famosas Riviera Francesa e Riviera Italiana, que também serviram de inspiração para a nomenclatura do bairro na zona sul da capital paulistana.

Por mais que a cidade de São Paulo não possua uma região costeira, os imigrantes europeus que frequentavam a região no século XX, para praticar os esportes náuticos e demais atividades aquáticas na Represa de Guarapiranga, viram semelhança no local com as famosas rivieras do velho continente.

Localizado na região central da capital paulista, o nome do bairro tem inspiração francesa e surgiu com a intenção de nomear primeiramente o vistoso Parque Aclimação. Em 1892, o médico Carlos Botelho, que era formado em Paris, adquiriu o local com a intenção de criar um parque que fosse semelhante ao francês Jardin d’Acclimatation.

Aclimação

Por mais que o espaço não se compare ao Jardin d’Acclimatation, que abrigava um zoológico, o local era muito maior do que atualmente. No século XX, Botelho utilizava o parque, que hoje dá nome ao distrito, para lazer, pesquisas e também para aclimatar o gado que vinha da Holanda para a cidade.

Ibirapuera

O território nobre na zona sul de São Paulo é reconhecido pelo seu arborizado parque – e o nome também tem influência da vegetação. Em tupi, o termo “ibirapuera” é utilizado para descrever árvores velhas e podres, o que era muito comum na região devido ao terreno que constantemente era alagado.

Esta característica também foi um problema quando surgiu a ideia de criar um bosque no local, em 1920, mas um funcionário da prefeitura, conhecido como Manequinho Lopes, solucionou a questão do então prefeito José Pires do Rio, quando iniciou o cultivo de plantas que ajudam a reduzir a umidade do terreno, fazendo com que as árvores podres não fossem mais um risco para os frequentadores do local.

Liberdade

Um dos mais turísticos bairros de São Paulo teve o seu nome oriundo da famosa Praça da Liberdade, que possui uma história melancólica. O local era conhecido como Largo da Forca, já que era cenário para a execução pública de escravos e criminosos até o século XIX.

Para tirar este estigma, logo após a renúncia do imperador Dom Pedro I, que era conhecido como “o Libertador”, a temida forca foi substituída por um chafariz e o local ganhou o nome de Liberdade, que foi transferido para a Avenida e posteriormente para todo o distrito.

Capão Redondo

O bairro da zona sul de São Paulo é amplamente referenciado nas letras do grupo de RAP Racionais MC’s, sempre com alusão à vida na periferia. No entanto, a região era um local onde, no início dos anos 1900, os moradores da área mais central da cidade iam para caçar, devido à grande mata, que servia de abrigo para animais silvestres.

O nome se deve a uma formação curiosa da flora local, onde um círculo de araucárias, com cerca de cinquenta quilômetros de circunferência, se destacava. O termo “capão“, de origem tupi, é utilizado para descrever essa formação de uma porção de árvores muito próximas em meio a uma várzea.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas