Compra

Com foco em terceira residência, imobiliária anuncia imóveis de R$ 3 milhões no litoral cearense

Primeira fase do empreendimento vai negociar 516 mil m² em terrenos que vão de 500 m² a 6 mil m²

Por:Breno Damascena 24/04/2024 3 minutos de leitura
terceira-residencia-mercado-imobiliario
Praia do Preá vem se tornando destino de turistas em busca de paisagens deslumbrantes e ondas para a prática do kitesurf/ Crédito: Divulgação Grupo Carnaúba

Publicidade

Para um grupo seleto de brasileiros endinheirados, o conceito de segunda residência já está consolidado: uma casa no litoral ou no campo que se torna o refúgio da família em feriados e datas comemorativas. A imobiliária Bossa Nova Sotheby’s, especializada no mercado de alto luxo, entende que este público comprador está mudando e começou a apostar na ideia de terceira residência para atendê-lo.

+ O que é um imóvel de alto padrão? Especialistas respondem

A perspectiva da companhia é que a segunda residência é aquela que a família compra nas proximidades da cidade em que vive. “Uma casa em que as pessoas vão de uma a três vezes por mês”, sintetiza Marcello Romero, CEO da imobiliária. “Já a terceira residência engloba lugares mais longes, como a Praia de Trancoso, Nova York ou Portugal, em que o proprietário visita quatro ou cinco vezes por ano”, indica.

“Na maioria das vezes, quem compra um imóvel nestes lugares mais distantes já possui uma segunda residência, nas proximidades de onde ela mora, como o litoral de São Paulo ou Rio de Janeiro”, contextualiza o executivo. De olho neste público, a empresa desenvolveu uma parceria com o Grupo Carnaúba para a comercialização de dois empreendimentos na praia do Preá, no litoral do Ceará.

Publicidade

+ Casa própria: como saber o valor máximo que posso pagar por um imóvel

Vizinha da badalada Jericoacoara, a região tem atraído turistas de vários cantos do País em busca da paisagem paradisíaca e de ondas para a prática de kitesurf. É neste espaço que um terreno de 516 mil m², comprado pelo Grupo Carnaúba, vai nascer o Vila Carnaúba. Com previsão de entrega para junho de 2024, a primeira parte do projeto consiste em um condomínio de casas de alto padrão a poucos metros do mar.

Ao todo, o Grupo Carnaúba, responsável pelo projeto, adquiriu um terreno de 516 mil m² na região/ Crédito: Divulgação Grupo Carnaúba

Marcello conta que dos 132 terrenos colocados para venda até agora, 100 já foram vendidos. “Estes terrenos têm áreas de 500 m² a 6 mil m² e os preços vão de R$ 800 mil a R$ 3 milhões”, acrescenta. O comprador pode optar por adquirir apenas o lote ou escolher entre sete modelos pré-definidos de casas e recebê-la já totalmente mobiliada. Além disso, pode-se comprar a propriedade de forma individual ou fracionada, via multipropriedade.

+ Multipropriedade avança no Brasil e viabiliza segundo imóvel 

Publicidade

“Ele se torna, assim, uma renda passiva para os investidores que se interessarem”, justifica o executivo. E esta é apenas a primeira etapa de uma série de projetos previstos para a cidade que está sendo construída do zero. “O projeto deve durar pelo menos uns 15 anos”, antecipa Marcello. Ao todo, o Grupo Carnaúba comprou cerca de 20 milhões de m² no litoral do Preá.

Com cinco opções de imóveis para o comprador escolher, unidades custam de R$ 800 mil a R$ 3 milhões/ Crédito: Divulgação Grupo Carnaúba

Ao longo do desenvolvimento, o empreendimento também contará com nove lagoas de água doce e um complexo hoteleiro. Além de um centro comercial, um centro de eventos e uma segunda fase do lançamento de imóveis, desta vez com casas menores, de 450 m². “No futuro também veremos surgir apartamentos econômicos para atender à população que vai se mudar para Preá para trabalhar como mão de obra dos condomínios”, pontua Marcello.

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Entenda como funciona a usucapião de imóveis

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Investir em imóveis vale a pena com a alta da taxa básica de juros?

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Seguro imobiliário é para proprietários e inquilinos

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Busca por terrenos vira 'guerra' entre construtoras e inflaciona preços

3 minutos de leitura