Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Notícias / Saiba como criar um hall de entrada funcional

Saiba como criar um hall de entrada funcional

O cartão de visitas da casa deve ser bem planejado e pode expressar um pouco da personalidade dos moradores


Verônica Lima

25/09/2020 - 1 minuto de leitura


Por ser um lugar intermediário, tornou-se praticamente uma chapelaria/ Foto: Getty Images
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Para quem chega a uma casa, o hall de entrada é o cartão de visitas. Trata-se de um espaço de boas-vindas, que recebe quem chega antes de apresentar todo o ambiente.

Leia mais:
Quais são os móveis essenciais para mobiliar a casa nova?
Será que a cozinha verde-abacate pode voltar?
Quando as antiguidades precisam ir embora

“Pode ser um hall social, uma área de espera até que a pessoa abra a porta ou um hall interno, ter uma saleta que fica dentro do próprio ambiente”, explica o arquiteto Flávio Machado, do escritório Flávio Machado Arquitetura.

Pandemia

Hoje, em razão da pandemia do novo coronavírus, o cômodo ganhou nova função. “As pessoas precisam tirar os sapatos e, por isso, improvisaram um local para guardar os calçados ao entrar ou sair de casa”, detalha Machado. “Por ser um lugar intermediário, tornou-se praticamente uma chapelaria.”

De acordo com o arquiteto, algumas empresas são especializadas em projetos de armários inteligentes customizados para o hall de entrada de prédios e condomínios. O objetivo é que, lá, os funcionários e moradores utilizem para receber entregas de compras online e para guardar encomendas.

Fluxo e circulação

O fluxo é fundamental e, portanto, deve-se observar a distribuição e a circulação do lugar. “Para o hall de residências, vale a pena trabalhar como uma chapelaria. Muitas vezes perto dessa área está o lavabo. Pode ter um apoio para chaves, carteira, mochilas, casacos; um ponto para acomodar as coisas”, explica Machado.

Iluminação e estilo

Também é importante ter uma boa iluminação na área de conexão entre área social e área íntima. “É legal criar um espaço bonito, com elementos que marquem as características do dono da residência e que mostre um pouco a personalidade dos moradores.”

“A lista do que não pode faltar no hall é composta de um móvel bacana, objetos que caracterizem a casa, uma planta bonita, uma luz direcionada e um belo quadro”, detalha Flávio.

Cuidados e funcionalidade

De acordo com o profissional, ajuda a compor um ambiente adequado um olhar atento à funcionalidade dos móveis e itens escolhidos. Por exemplo: caso seja ciclista, pode deixar a bicicleta no local, mas deve empregar um bom suporte para ela. Ou até algo mais simples: um balde adequado para receber guarda-chuvas e, assim manter o chão seco.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas