Indicadores Estadão Imóveis
FGV IBRE: 
4.2%
FIPEZAP: 
0.57%
ICON: 
1.84%
IGP-M: 
0.60%
INCC: 
2.16%
PMI: 
44.1%
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Investir em Imóveis / Casa, apartamento ou imóvel comercial: o que alugar para ganhar dinheiro no pós-pandemia?

Casa, apartamento ou imóvel comercial: o que alugar para ganhar dinheiro no pós-pandemia?

Pensa em investir em um imóvel para locar, mas não sabe como ganhar dinheiro? Confira as dicas e tome a decisão certa!

  • (2.0)

Da Redação

22/03/2021 - 3 minutos de leitura


O apartamento residencial seria a melhor alternativa para quem quer aplicar no mercado imobiliário para locação/ Foto: iStcok
Frazão Leilões realiza leil...

24/07/2021 03:00 até 28/07/2021 01:00


Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Com a chegada da vacina contra o coronavírus no Brasil, investir se torna uma possibilidade, visto que a bolsa de valores já começa a melhorar. Apesar da lenta mudança de cenário – com uma projeção de aproximadamente mais um ano de restrição – muitos já têm feito planos para o mundo pós-pandemia, inclusive estudando o mercado e qual tipo de investimento imobiliário trará melhor retorno.

O sócio da SF Consultoria Imobiliária, Dário Ferraço, que é especialista no assunto, revelou algumas características que são importantes levar em consideração para descobrir ao certo qual propriedade trará melhor retorno financeiro: casa, apartamento ou imóvel comercial.

Cuidados ao investir

Antes de qualquer decisão, é preciso ter em mente qual é o objetivo do investimento: se for para alugar também se faz necessário estabelecer qual a rentabilidade que se deseja alcançar; um retorno de 0,7 ou 0,8% é uma boa recompensa para unidades residenciais.

Outra característica fundamental é o perfil de quem oferece a moradia. Se for uma construtora, por exemplo, fazer uma pesquisa para identificar se ela cumpre os prazos estabelecidos e demais históricos deve ser o primeiro passo.

Também é imprescindível aproveitar as oportunidades. Em outras palavras, observar bairros em desenvolvimento, adquirir uma unidade que se enquadre no perfil de público que deseja atrair e que esteja no cenário financeiro mesmo com o aumento dos valores que o conjuntura atual causou.

De acordo com o sócio da SF Consultoria Imobiliária, os bairros de médio-alto padrão, como Alphaville, Perdizes e Novo Brooklin são aqueles que mais estarão em destaque no período pós-pandemia. A procura por esses locais é consequência do movimento de pessoas querendo mais qualidade de vida.

Tipo de propriedade

Com relação ao tipo de propriedade, Dário Ferraço diz que, devido às circunstâncias atuais, muitas empresas têm optado pelo sistema home office e, portanto, a propriedade comercial não seria a alternativa ideal hoje. “Já para um cenário futuro,  ainda é muito cedo para fazer tais projeções com relação ao investimento em imóvel comercial.”

Ainda na opinião do especialista, o apartamento residencial seria a melhor alternativa para quem quer aplicar no mercado imobiliário para locação. Ao levar em consideração características como localização com grande demanda e perfil do imóvel em comparação com o perfil de renda dos possíveis locatários, as chances de ter bom retorno são grandes.

Dário destaca também que um bem residencial tem, de acordo com os bairros, um tíquete máximo possível de ser cobrado em um contrato de aluguel. Por exemplo, um apartamento de 100 metros quadrados (m²) em uma determinada região só é alugado por R$ 5 mil ou 6 mil. Porém um espaço de 80 m² em outro bairro pode dar um retorno igual.

O mercado imobiliário neste momento sofre “alta de insumos no setor, inflação em alta e índices como IGP-M, IPCA e INCC subindo, o que implica em uma readequação do valor do metro quadrado, que já era para ter ocorrido em 2015, no pós-crise de então”.

Isso significa que os imóveis residenciais vão passar por um processo de valorização inevitável. Quem investir neste perfil terá uma renda a ser gerada com a locação e também uma valorização real do patrimônio de origem para revenda no futuro. Ele lembra que essa elevação também é influenciada por variáveis como localização, tamanho, bairro e crescimento do entorno, sendo importante estar atento a essas circunstâncias na hora de adquirir uma unidade para investir.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

  • ARTUR FRANCISCO NETO
    16/04/2021

    Artigo muito bom. Preciso.


  • Notícias relacionadas