A startup Xtay e o grupo Pedra Branca firmaram parceria para transformar um prédio de salas comerciais na cidade de Palhoça (SC) em um edifício de apartamentos para locação. A conversão de imóveis tem sido mais vista no mercado, especialmente após a pandemia popularizar o trabalho remoto e reduzir o interesse por escritórios.


Neste negócio, a Pedra Branca investirá R$ 5 milhões para o retrofit de 36 salas. Por sua vez, a startup fará a gestão e a locação das unidades para curta e longa temporadas, em um modelo híbrido entre hotel e residencial. A transformação ficará pronta em novembro e terá diárias a partir de R$ 199. A expectativa de faturamento é de R$ 10 milhões nos próximos seis anos.

A Xtay é uma proptech – como são chamadas as startups que atuam no ramo de propriedades imobiliárias, como Housi, Yuca, Loft, entre outras. A empresa foi fundada pelos sócios Beto Caputo, Marcos Khzouz e Rony Stefano e recebeu aporte de R$ 10 milhões. Para os próximos seis meses, estão previstos mais R$ 5 milhões para a proptech fechar mais parcerias e ganhar escala.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.

Esta nota foi publicada no Broadcast+ e está no Estadão em https://economia.estadao.com.br/blogs/coluna-do-broad/empreendedores-convertem-predio-de-salas-comerciais-em-hotel-em-santa-catarina/

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Contato: colunabroadcast@estadao.com