Indicadores Estadão Imóveis
FIPEZAP: 
0.43%
ICON: 
0.45%
IGP-M: 
-0.64%
INCC: 
0.51%
IPCA: 
1.14%
PMI: 
23.0%
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Investir em Imóveis / Características de um bom apartamento para investimento

Características de um bom apartamento para investimento

Localização e taxa de vacância são algumas das qualidades que precisam ser verificadas antes da aquisição

  • (5.0)

Da Redação

15/01/2021 - 2 minutos de leitura


O momento é benéfico para investir pela definição atual da taxa Selic a 2%/ Foto: Getty Images
São Paulo sedia Urban Future:...

03/11/2021 20:00 até 03/11/2021 23:00


Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.

Na procura por um bom apartamento para investimento é preciso tomar alguns cuidados e prestar atenção nas características que o patrimônio precisa ter, afinal, o investidor quer lucrar e não ter dores de cabeça. Quem pensa que com a pandemia o momento não está bom para empregar as economias está equivocado. É o que garante Raphael Sampa, sócio da SF Consultoria Imobiliária, que explica a situação atual do mercado imobiliário.


“O momento é benéfico pela definição atual da taxa Selic a 2%, o que traz mais capital para o setor imobiliário. Além disso, o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) passou de 20% no último ano, ocasionando um aumento no valor dos aluguéis. Considera-se também a inflação dos materiais de construção e que vai impactar diretamente o preço dos imóveis. Por isso, indica-se aplicar agora, antes que esses aumentos se consolidem no mercado. O investimento permite que o interessado, além de possuir um ativo, também lucre na valorização do bem”, alerta o profissional.

Porém, apesar do momento ser o ideal, algumas precauções devem ser tomadas. “Aconselha-se realizar uma pesquisa na região desejada e compreender quais as necessidades próprias em termos imobiliários. Geralmente os studios costumam ser melhores, pois são seguros, fracionados e têm um menor aporte. Esta modalidade traz consigo a possibilidade de investir a mesma quantia em várias unidades, em vez de uma só”, comenta Raphael Sampa.

E por falar neste tipo de propriedade, é possível ter uma previsão de retorno, como conta o profissional. “Para fazer a conta da taxa de retorno, é necessário que o investidor tenha em mãos algumas informações importantes, como Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), condomínio e também as despesas mensais do imóvel. Esses valores somados devem representar, em média, de 0,55% a 0,60% do valor total. Aí então tem-se um bom investimento”, explica Sampa.

Características em alta

Ainda de acordo com o consultor, a primeira característica que deve ser observada pelo interessado é a vacância da habitação. “É interessante constatar o número de prédios existentes dentro do condomínio no qual se pretende investir: quanto menor o número de unidades, maior será a procura”, comenta ele. “Outro fator muito importante é a boa localização. Imóveis perto de estações de metrô costumam trazer um bom resultado de investimento.”

Mais uma questão fundamental quando se busca uma residência pensando em ganhos é preferir trabalhar com o sistema de relocation. “Manter a unidade alugada para várias pessoas ao mesmo tempo. Isso pode ser feito por meio de plataformas como o Airbnb ou outras que tenham funcionamento parecido. Este modelo por contratos de diárias — e não contratos mensais — possibilita manter o bem mais lucrativo”, finaliza o profissional.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

  • antonio augusto gomes de vellasco
    16/05/2021

    Trouxe informações relevantes!


  • Notícias relacionadas