Decoração, reforma e construção

Minha cozinha é muito pequena! Como resolver?

Integrar cozinha e sala de estar pode deixar ambientes mais amplos e agradáveis

Por: Da Redação 07/04/2021 2 minutos de leitura
Neste caso, os eletrodomésticos devem ser mais compactos ou com multifunção, como por exemplo um forno que também é microondas, e abusar dos armários/ Foto: Getty Images

Publicidade

A cozinha é um dos principais cômodos da casa. É nela onde preparamos as refeições e, muitas vezes, o ambiente é cenário para momentos de união em família no dia a dia. Para resolver questões como o do isolamento do resto da casa ou espaço reduzido que prejudica a movimentação, muitos projetos passaram a adotar a cozinha americana. Esta estratégia propõe a junção da cozinha e da sala de estar em um ambiente integrado e que otimize o espaço dos dois cômodos.

“A principal característica de uma cozinha americana é a flexibilidade: uma parede é aberta para a sala. Essa integração pode ser feita de diversas maneiras, mas sempre prezando pela melhor circulação, fácil acesso aos eletrodomésticos e fluidez”, explica a arquiteta Juliana Doria, do escritório Mouve Arquitetura. Além disso, segundo a profissional, com famílias cada vez menores e imóveis se adequando a uma nova realidade pós-pandemia, a procura por cozinha americana está em alta. Mas muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como executar o projeto para ganhar espaço e amplitude.

Layout, equipamentos e acabamento

Segundo Juliana, é necessário dar atenção especial à escolha dos eletrodomésticos, pois eles têm um papel fundamental em ambientes menores. “O ideal é optar por modelos mais compactos ou com multifunção, como por exemplo um forno que também é microondas, e abusar dos armários, pois eles ajudam muito na organização dos utensílios e condimentos mais usados no dia a dia”, ressalta.

Ela também recomenda fazer uma bancada única integrada da cozinha à área de serviço, buscando ampliar o ambiente e trazendo a sensação de extensão. “A escolha dos acabamentos deve ter alguma conexão com os da sala, uma vez que os ambientes também se integram. Quanto maior a sensação de uniformidade, mais harmoniosa a cozinha americana”, completa.

Publicidade

As possibilidades de layout são muitas, mas isso varia de acordo com o perfil de cada morador. “Podemos ter uma cozinha mais funcional, onde se aproveita cada espaço com bancadas, marcenaria sob medida e diferentes utensílios. Também podemos pensar em projetos mais leves, com marcenaria aberta, circulação livre e um balcão para refeições”, comenta.

Porém, ao montar o espaço é necessário ter atenção e cautela. “Um dos cuidados importantes na hora de projetar essa área é instalar uma boa coifa. Por ser uma área integrada com a sala, é necessário minimizar o cheiro e a gordura exalada no preparo dos alimentos”, recomenda Juliana Doria.

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Mitre Realty marca sua entrada no segmento de altíssimo padrão

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Moradia estudantil: como escolher entre república, pensão ou morar sozinho

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Houve um roubo em imóvel locado. O condomínio é responsável?

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Qual seguro residencial escolher para a sua casa?

8 minutos de leitura