Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Compra / Como fazer uma proposta de compra de imóvel

Como fazer uma proposta de compra de imóvel

Além de ser objetiva e clara, a proposta deve conter informações detalhadas do patrimônio, como metragem e características


Da Redação

25/05/2020 - 2 minutos de leitura


Elaborar uma dessas licitações é uma forma de assegurar que não haverá nenhum tipo de problema futuro/ Foto: Envato

A proposta de compra de imóvel é o documento a ser apresentado antes que o contrato seja fechado. Nela, os dados do patrimônio em questão, bem como as negociações determinadas pelo comprador e pelo vendedor, além do intuito de ambas as partes, devem estar especificados.

Leia mais:
Permuta de imóveis: saiba como funciona
Seguro fiança é alternativa para quem não tem fiador
Reforma no apartamento: as regras da ABNT que devem ser seguidas

O dono da unidade à venda tem a opção de estabelecer ou não, antecipadamente, os métodos de pagamento aceitos e o preço da compra. E, a partir do momento em que a oferta do vendedor for aceita, é formulado o contrato que engloba os detalhes ajustados.

No entanto, no caso da sugestão ser rejeitada, o vendedor terá a alternativa de apresentar uma contraproposta, que será direcionada ao adquirente. Dessa maneira, a negociação seguirá até que se chegue a um acordo satisfatório para ambos.

Dados necessários

Além de ser objetiva e clara, a proposta deve conter informações detalhadas acerca do imóvel à venda e do comprador interessado. Dentre os dados necessários estão:

  • Nome completo, contato, número de documentos pessoais e outros dados do dono do bem;
  • Endereço, laudo e demais informações sobre a unidade, como metragem e características;
  • Referências sobre o corretor responsável pela venda, assim como sobre a imobiliária — se for o caso;
  • Método de pagamento e preço que o interessado propõe;
  • Data do documento;
  • Assinatura do adquirente.

Importância do título

Elaborar uma dessas licitações é uma forma de assegurar que não haverá nenhum tipo de problema futuro. Após aceita, ela passa por verificação final, em que as condições determinadas no documento são firmadas e seguem para a próxima etapa da negociação: o fechamento do contrato do imóvel.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

É extremamente importante que conste na proposta de compra o anexo e o registro de todos as referências que comprovem as etapas da transação, para que consultas eventuais possam ser realizadas conforme haja necessidade.

Erros recorrentes

Tão importante quanto saber o que, o porquê e como fazer, é saber o que não deve ser feito. A seguir, conheça as falhas mais comuns relacionados às propostas de compra de imóvel.

Não fazer

Ainda há quem realize somente um acordo verbal para firmar a venda e, com isso, todos os envolvidos são prejudicados, pois a inexistência da oferta traz insegurança em relação ao que foi acordado e, também, em caso de problemas, ninguém terá um documento que prove um determinado ponto para resolver a situação.

Especificar valores

É necessário não só relatar valores, como também detalhar o método de pagamento estabelecido e determinar que esse embolso será retido em caso de pendências financeiras, como dívidas de condomínio e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Dados defasados

Por fim, é necessário descrever todas as atualizações que ocorrerem na negociação, desde a declaração até a contraproposta. Isto porque uma promessa de compra de imóvel desatualizada pode gerar indisposição entre as partes ao dificultar o entendimento no momento de firmar contrato. Melhor evitar problemas.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas