Aluguel

Quer pagar o aluguel com dividendos? Saiba quanto você precisa investir

Valor pode ser conquistado com inteligência e assertividade no mercado de ações

Por: Redação, Estadão Imóveis 01/06/2023 2 minutos de leitura
aluguel-rendimentos
Despesas com moradia pesam no orçamento de muitas pessoas, mas é possível mitigá-las/ Crédito: Getty Images

Publicidade

Entre contas de luz, água, internet e condomínio, ter um lugar para morar pode ser bem caro. De todas as despesas mensais, o aluguel costuma ser uma das mais pesadas para o bolso de qualquer pessoa. E se esse dinheiro fosse utilizado para fazer um curso, viajar ou como acréscimo na aposentadoria? 

De acordo com especialistas ouvidos pelo Bora Investir, um aluguel condizente com uma situação financeira equilibrada costuma ocupar entre 30% e 40% da renda de uma família. No entanto, é possível reduzir essa dor de cabeça se você fizer os investimentos certos e conseguir pagar essa despesa só com os dividendos.

Os dividendos são aquela parte do lucro que empresas listadas na bolsa periodicamente distribuem aos acionistas. Esses valores são determinados pela quantidade de papéis do acionista, a saúde financeira da empresa e a estratégia de distribuição desse lucro.

Por isso, a primeira dica para quem quer pagar o aluguel com os dividendos de um investimento é buscar conhecer a fundo a empresa em que está investindo. Analise os resultados anteriores, estude o balanço financeiro e se atente a aspectos como queda de receita, dívidas e concorrência

Publicidade

Quanto você precisa investir? 

O preço médio do aluguel de um apartamento de 40m² e um quarto na cidade de São Paulo é R$ 2.275,60, de acordo com levantamento do QuintoAndar. Isso significa que é necessário receber pouco mais de 27 mil reais por ano em dividendos, de forma que o aluguel possa ser pago mensalmente. 

Em entrevista ao Bora Investir, Marcelo Milech, planejador financeiro certificado pela Planejar, afirma que, neste cenário, o valor investido em ações para pagar esse aluguel anual com dividendos será R$ 455.120,00, considerando uma taxa de retorno por ação de 6%. 

É claro que se alguém tem esse dinheiro em mãos, talvez prefira comprar a casa própria, buscar um financiamento ou investir o dinheiro com outros objetivos. Porém, para manter a simulação, é possível alcançar esse objetivo a longo prazo. 

Quanto tempo para pagar o aluguel com dividendos? 

O planejador financeiro também calculou o tempo necessário para acumular o capital necessário que possibilitaria pagar o aluguel com dividendos. Para isso, considerou aplicações mensais de R$ 500, R$ 1.000 ou R$ 1.500, o tempo necessário seria o seguinte: 

Publicidade

Aporte mensal Tempo (em anos)
R$ 500,0029
R$ 1.000,0020
R$ 1.500,0015
FONTE: Marcelo Milech, Planejador Financeiro certificado pela Planejar

Para saber quais ações pagam bons dividendos e podem ajudar nessa jornada, confira a matéria completa do Bora Investir: 
https://borainvestir.b3.com.br/objetivos-financeiros/quanto-investir-para-pagar-o-aluguel-com-dividendos/

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Moradia estudantil se torna negócio lucrativo para setor imobiliário

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Conheça os fatores que interferem na valorização de imóveis

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Como declarar imóveis no imposto de renda 2024?

17 minutos de leitura
Imagem destacada

Antiga Odebrecht, Novonor tenta virar a página ao se especializar em construção civil

4 minutos de leitura