Aluguel

Aluguel no Brasil ficou 16,16% mais caro em 2023

Levantamento mostra que maior valorização do ano foi na cidade de Goiânia

Por: Redação, Estadão Imóveis 16/01/2024 1 minuto de leitura
goiania-valorizacao
Preço do metro quadrado na cidade é de R$ 36,07/ Crédito: Erich Sacco/Adobe Stock

Publicidade

De acordo com o Índice FipeZAP de Locação Residencial, divulgado pelo DataZAP, o aluguel ficou 16,16% mais caro em 2023. O estudo mostra que o crescimento foi impulsionado principalmente por Goiânia, onde o preço do aluguel registrou uma alta de 37,28% durante o período. A capital de Goiás, entretanto, não aparece entre as 10 mais caras para alugar um imóvel no Brasil.

Com o crescimento apresentado, Goiânia fechou 2023 com o custo médio do valor de aluguel avaliado em R$ 36,07 por metro quadrado. A cidade mais cara do Brasil para alugar um imóvel, Barueri, tem o metro quadrado avaliado em R$ 59,06. O município paulista registrou uma alta de 15,89% no último ano. 

A valorização das duas cidades está bem acima dos resultados acumulados do IPCA/IBGE (+4,62%) e do IGP-M/FGV (-3,18%). O índice FipeZAP analisa o comportamento dos preços de locação residencial em 25 cidades brasileiras e registrou alta em todas elas. A menor valorização, porém, foi em Praia Grande, no litoral de São Paulo, com crescimento de 7,91%.

Entre as 11 capitais envolvidas no cálculo do índice, todas tiveram uma valorização acima dos 10%, com destaque para Florianópolis (+27,68%) e Fortaleza (+21,95%). Apesar do movimento apresentado em outras regiões do Brasil, São Paulo permanece com o título de capital mais cara do País para quem mora de aluguel. 

Publicidade

Confira a lista completa: 

CidadeR$/m2
Barueri (SP)R$ 59,06
São Paulo (SP)R$ 51,62
Florianópolis (SC)R$ 49,81
Recife (PE)R$ 47,78
Santos (SP)R$ 45,50
Rio de Janeiro (RJ)R$ 45,10
Brasília (DF)R$ 40,57
São José (SC)R$ 37,88
São José dos Campos (SP)R$ 37,85
Belo Horizonte (MG)R$ 36,76
Curitiba (PR)R$ 36,17
Goiânia (GO)R$ 36,07
Campinas (SP)R$ 34,87
Praia Grande (SP)R$ 34,82
Santo André (SP)R$ 34,05
Guarulhos (SP)R$ 33,52
Salvador (BA)R$ 33,10
Porto Alegre (RS)R$ 31,67
São Bernardo do Campo (SP)R$ 29,76
Joinville (SC)R$ 28,39
Fortaleza (CE)R$ 28,36
Niterói (RJ)R$ 26,81
Ribeirão Preto (SP)R$ 23,82
São José do Rio Preto (SP)R$ 21,83
Pelotas (RS)R$ 17,59
Fonte: Índice FipeZAP de Locação Residencial/ FipeZAP

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Confira dicas de segurança para evitar ataques hackers no home office

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Programa Bicicleta Brasil concede selo a empreendimento imobiliário privado

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Top Imobiliário 2021: Marca de luxo eleva em 160% projetos de moradia popular

4 minutos de leitura
Imagem destacada

Vila Madalena é eleita como o 13º bairro mais legal do mundo para visitar em 2022

4 minutos de leitura