Aluguel

Com pacotes de R$ 9.500, empresa lança empreendimento multifamily de luxo nos Jardins

Avaliado em R$ 100 milhões, prédio disponibiliza apartamentos de 1 e 2 dormitórios para locação

Por:Breno Damascena 15/04/2024 1 minuto de leitura
vila-11-jardins-multifamily
A empresa Vila 11 conta com investidores institucionais e fundos de pensão americanos para financiar projetos/ Crédito: Divulgação/Vila 11

Publicidade

A Vila 11, empresa brasileira especializada em empreendimentos multifamily, inaugura no próximo mês seu primeiro empreendimento voltado para o público de alto luxo em São Paulo. A companhia está à frente de um prédio com 78 apartamentos de 1 e 2 dormitórios destinados exclusivamente para locação na Alameda Itu, no bairro Jardins, um dos mais nobres da capital paulista. 

+ Mercado multifamily: incorporadoras investem na hotelarização da moradia

As unidades possuem metragem entre 33 e 68 m². O pacote que inclui aluguel, condomínio e IPTU custará R$ 5.500 para apartamentos com 1 dormitório e R$ 9.500 para 2 dormitórios. Todas as unidades do prédio, avaliado em R$ 100 milhões, serão entregues mobiliadas ou semi-mobiliadas, com eletrodomésticos como geladeira, cooktop, microondas em linha inox e ar-condicionado.

“No Vila 11 Alameda Itu, há desde opções de 1 dormitório padrão, até variações que contemplam área de closet, home office e lavabo. O mesmo para os apartamentos de 2 dormitórios”, complementa Jorge de Moraes, Diretor de Operações da Vila 11. “O empreendimento também possui vagas de garagem e serviço de valet 24 horas, que podem ser contratados pelos moradores diretamente com a operadora de estacionamento”, acrescenta.

Publicidade

O empreendimento estará aberto para visitantes durante o mês de inauguração. “Os prédios dessa região, em sua maioria, são antigos, e não possuem áreas comuns que atendem às demandas contemporâneas, tendo apenas a localização como principal triunfo. Este novo projeto traz áreas comuns e plantas que suprem as necessidades dos moradores atuais e na mesma localização”, argumenta o executivo. 

Especializada em desenvolver, administrar e operar imóveis para locação na capital paulista, a Vila 11 afirma que o edifício é o precursor de outros prédios que entrarão em operação até 2025. Além dos Jardins, Itaim Bibi e Higienópolis devem receber projetos semelhantes. Ainda em 2024, a empresa planeja lançar dois novos prédios, um em Pinheiros e outro no Jardim Paulista. 

+ Rejuvenescimento do público faz preço de imóveis nos Jardins disparar

“Nossa estratégia de portfólio é ter empreendimentos localizados onde há grande oferta de empregos, serviços, gastronomia, lazer e cultura. No momento, operamos outros seis prédios em bairros como Pinheiros, Paraíso, Bela Vista e Vila Madalena. Ao todo, contamos com 17 ativos, sendo 11 deles em construção”, adiciona Jorge.

Publicidade

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Consórcios imobiliários crescem 45% em um ano e viram alternativa de financiamento

4 minutos de leitura
Imagem destacada

Averbação de imóvel: o que é e quando deve ser feita?

7 minutos de leitura
Imagem destacada

Construção tem queda no volume de contratações em novembro

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Queda da Selic empolga agentes do mercado imobiliário

2 minutos de leitura