Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Notícias / Conheça as características da decoração industrial

Conheça as características da decoração industrial

É possível integrar as tubulações, os tijolos e as cores neutras com tons vibrantes e demais estilos


Da Redação

31/08/2020 - 2 minutos de leitura


Esse estilo é muito marcado por cores neutras, como o preto e o cinza/ Foto: Getty Images

Quem deseja ter a decoração industrial em alguns ambientes deve saber que se trata de um design muito adaptável. No entanto, existem algumas questões que devem ser consideradas, como o local de execução e também os elementos arquitetônicos já presentes.

Leia mais:
Kitnet, loft, studio ou flat? Veja as características de cada um
Loft compra startup de aluguel de apartamento Uotel
Que tipo de imóvel combina mais com você?

“Esse estilo pode estar presente em praticamente qualquer espaço residencial ou comercial, mas sempre consideramos a arquitetura do local para definir o tipo. Se estamos fazendo um projeto para um local com arquitetura clássica, por exemplo, tentamos seguir com as características primárias das construções no design de interior aplicando lâmpadas e bancos de metal, um acabamento em materiais rudimentares e uma combinação descolada de cores neutras pontuada com tons mais vibrantes”, explica Andressa Piva, designer de interiores, sócia da VCDecora.

“Ambientes integrados são mais propícios para inserir esse gênero, de acordo com sua origem que vem de grandes galpões ou lofts. Quando o espaço já possui elementos estruturais, como vigas, tijolos ou infraestrutura aparente, nos apropriamos desses elementos para proporcionar o aspecto fabril”, complementa Andressa.

Cores

Mesmo com as suas características mais sóbrias e sem grandes extravagâncias, ainda é possível adicionar alguma cor ao ambiente e fugir um pouco das cores mais fechadas da decoração industrial.

“Esse estilo é muito marcado por cores neutras, como o preto e o cinza. Também aparecem os tons terrosos, vindos das texturas de elementos naturais, como a madeira, tijolos aparentes ou um mobiliário em couro. Mas a ausência de cores marcantes não é uma regra. É possível inserir tonalidades contrastantes quando bem combinadas, trazendo um resultado original e sofisticado ao ambiente”, ressalta a designer de interiores.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Ainda que a ideia seja uma proposta de continuidade, a profissional expõe que, devido à origem do gênero, é possível integrar a aparência rudimentar em alguns pontos específicos, sem que ocorra muito conflito com outro modelo, desde que, este não seja oposto à proposta. “É permitido integrar esse estilo com outros, com muita cautela e harmonia. A decoração contemporânea é muito indicada para ser usada com o industrial, utilizando mobiliários com design limpo e moderno como elementos complementares”, afirma.

“O caráter minimalista anda junto com a proposta, onde a premissa é que o ‘menos é mais’. Podemos mesclar os elementos estruturais aparentes do tipo manufatureiro com a simplicidade, minimalismo no mobiliário e decoração.”

Itens que não podem faltar

A decoração industrial possui alguns aspectos característicos que norteiam os demais conceitos do design de interiores. Eles são os responsáveis por criar os atributos mais marcantes. “Entre os principais tópicos deste estilo estão os espaços com suas estruturas expostas em contraste com uma aplicação sofisticada. Utilizamos algumas características primárias da construção, como, por exemplo: tijolos aparentes, cimento queimado, tubulação elétrica exposta, encanamentos e vigas aparentes”, revela a especialista.

“Essas peculiaridades são equilibradas com a suavidade do adornamento e mobiliário, trazendo aconchego ao espaço. A otimização dos recintos, como as várias formas de utilização e áreas integradas, são facetas desse modelo também.” Mesmo que a decoração industrial esteja em alta e você se interesse pelo estilo, é importante reforçar que existem fatores limitantes, como as arquiteturas mais clássicas ou simplesmente a falta de integração com os demais ambientes.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas