Investir em Imóveis

Softplan fecha oitava aquisição e prevê faturar quase R$ 800 mi no ano

Empresa de softwares, que tem como principal cliente o setor de construção, também atende escritórios de advocacia e órgãos públicos

Por: Circe Bonatelli, O Estado de S. Paulo 02/03/2023 1 minuto de leitura
softplan-investimento-imoveis
Há negociações para compra de mais duas empresas de tecnologia ainda neste ano/ Crédito: Getty Images

Publicidade

A despeito das turbulências na economia brasileira, a empresa de softwares Softplan dará sequência à sua estratégia de crescimento traçada para 2023. A meta é expandir a receita em 35%, chegando a R$ 785 milhões. Boa parte desse crescimento vai se dar por meio de aquisições.

A companhia acaba de concluir a sua oitava aquisição em dois anos e meio, período no qual os investimentos totalizaram R$ 300 milhões. O alvo desta vez foi a Prevision, startup catarinense com programas de planejamento e gestão para construtoras. O objetivo da transação foi complementar o portfólio de soluções digitais. A Softplan nasceu como uma empresa de softwares para o universo da construção – setor com baixo nível de digitalização nas atividades, mas que vem mudando.

Ideia é reduzir desperdício em obras

Como o porcentual de atraso e desperdício de materiais nas obras ainda é elevado, a tendência é de investimento das empresas do setor para esse ganho de produtividade, segundo o presidente da Softplan, Eduardo Smith. Atualmente, o grupo tem 12 mil clientes, dos quais metade são da construção. A outra metade vem de escritórios de advocacia e órgãos públicos para os quais a companhia também passou a oferecer programas para digitalização do trabalho, acompanhamento de processos e planejamento.

Empresa quer fazer mais duas compras em 2023

Há negociações para compra de mais duas empresas de tecnologia ainda neste ano. O dinheiro para abastecer essa estratégia combina geração de caixa próprio com a tomada de financiamento. A companhia fez a sua primeira emissão de debêntures no ano passado, arrecadando R$ 130 milhões. O dinheiro é suficiente para o plano de negócios de 2023.

Publicidade

Leia o texto completo aqui:
https://www.estadao.com.br/economia/coluna-do-broad/softplan-fecha-oitava-aquisicao-e-preve-faturar-quase-r-800-mi-no-ano/

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Vilas fechadas são vistas como alternativa barata a condomínios

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Moradia estudantil se torna negócio lucrativo para setor imobiliário

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Tecnisa avalia voltar ao Minha Casa Minha Vida

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Conheça 5 tendências de arquitetura e decoração para 2022

3 minutos de leitura