Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Decoração, reforma e construção

Página inicial / Decoração, reforma e construção / 4 dicas para construir uma casa moderna

4 dicas para construir uma casa moderna

Sobriedade e simplicidade aliadas a boas dicas garantem elegância e funcionalidade a uma residência de estilo contemporâneo


Da Redação

24/02/2021 - 3 minutos de leitura


construir uma casa moderna
A implementação desses processos pode ficar cara, mas a longo prazo os benefícios serão maiores/ Foto: Getty Images
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Eternizada em projetos grandiosos e importantes do século XX, a arquitetura moderna surgiu para dar cara nova a todos os ambientes urbanos, rompendo com conceitos clássicos repletos de ornamentação, garantindo espaços mais amplos, bem aproveitados, úteis, econômicos e despojados.

Caso você simpatize com a premissa de “menos é mais” e tenha interesse em construir uma casa moderna, confira abaixo algumas dicas do arquiteto Raphael Wittmann, proprietário do Rawi Arquitetura + Design.

Para construir uma casa moderna, atenção com a legislação

Para projetar uma unidade é muito importante que, antes de iniciar a obra, seja realizado um estudo da legislação do município em questão, levantando instrumentos que estão ligados diretamente ao ato da construção.

A taxa de ocupação, que é a porcentagem de área construída no terreno; o coeficiente de aproveitamento, que significa o quanto pode ser construído de edificação por metro quadrado (m²); a taxa de permeabilidade, que está ligada às áreas verdes no local; o limite de altura da edificação; os recuos obrigatórios, que são os espaços entre a casa e os muros, são alguns dos parâmetros de extrema importância para o planejamento.

Conhecendo as leis, o arquiteto poderá realizar o desenho da moradia dentro dos parâmetros estabelecidos pelos órgãos legais, como o município, por exemplo.

Depois das definições entre cliente e profissional de arquitetura, este poderá desenhar o projeto oficial que será aprovado na prefeitura. Sem este processo, não é legalmente permitida a construção.

Definindo o conceito para construir uma casa moderna

O conceito de um projeto é o conjunto de ideias que estarão presentes desde o seu início até o produto e que permitirá que se tenha um melhor resultado com a execução da obra da casa.

Ele pode ser determinado caso a caso, por exemplo: um cliente deseja mais atenção às áreas sociais de uma propriedade e integração destas com outras (cozinha, sala de estar e jantar, jardins)? Com esse briefing o arquiteto pode projetar de forma que esses espaços sejam mais valorizados e tenham significativa importância no todo.

É na definição também que será decidido o partido arquitetônico do projeto, onde serão estudados e discutidos desde questões inerentes ao estilo (contemporâneo, moderno, rústico), cores, volumetria (quadrado, retangular, curvas, assimetria, equilíbrio), materialidade (piso frio, madeira, paredes de tijolos, telhado ou laje), acessibilidade (cadeirante, rampas de acesso), até questões sobre a preferência pessoal para os espaços.

Sistemas para melhor eficiência

Pensar em sistemas sustentáveis de aquecimento (que consistem na utilização de energia solar para o aquecimento de água e ar), captação das águas das chuvas (para reuso em atividades domésticas) e placas fotovoltaicas (que fazem a conversão da energia solar em elétrica), são condicionantes que trazem ao projeto residencial melhor eficiência.

No início, a implementação desses processos pode ficar cara, mas a longo prazo os benefícios serão maiores, o que contribuirá para o pagamento desses custos preliminares. Outro ponto a destacar, é o uso de tomadas para carro elétrico, como também locais para bicicleta elétrica, prevendo assim uma modernização que cada vez mais está vindo para ficar. Pensar no futuro ao se planejar uma residência, evita reformas e adaptações que podem ser necessárias posteriormente.

Acessibilidade

A acessibilidade é fundamental para a integração entre pessoas portadoras de necessidades especiais com a edificação. Prever rampas, banheiros mais amplos com equipamentos de apoio e ambientes com maior espaço livre para circulação, são alguns dos fatores essenciais ao se pensar em um projeto acessível.

Para isso, é preciso que o arquiteto responsável faça um estudo detalhado da Norma brasileira 9050 (NBR) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que explicita como deve ser a transitabilidade em edificações.

Além disso, mesmo em casas não adaptadas, podem ser pensados espaços mais praticáveis aos idosos. “Pensar no amanhã é muito importante ao se construir uma moradia”, destaca Raphael.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas