Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


O Itau inovou para você ter mais crédito e pagar menos. QUERO SABER MAIS
O Itau inovou para você ter mais crédito e pagar menos. QUERO SABER MAIS

Página inicial / Compra / Truques para encontrar casas simples e baratas à venda

Truques para encontrar casas simples e baratas à venda

Fique de olho nos sites imobiliários, visite os bairros desejados e busque todas as informações necessárias sobre os imóveis para não se arrepender depois


Da Redação

05/11/2020 - 2 minutos de leitura


Imóveis simples são aqueles com baixa metragem quadrada e, geralmente, encontrados em bairros periféricos/ Foto: Getty Images
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

A pandemia do novo coronavírus em 2020 comprometeu diversos setores da economia em todo o mundo e, diante da crise, houve massiva perda de renda e de empregos. Assim, muita gente que busca realizar o sonho da casa própria ainda este ano está atrás de casas simples e baratas no mercado.

“Esse movimento tem total relação com a pandemia. O sentido da compra ficou aguçada para todos os padrões de moradias, principalmente os mais simples”, analisa Victor Castrizana, corretor de imóveis da B4 Imóveis, em Bauru, no interior de São Paulo.

Mas uma casa de padrão mais baixo não pode ser confundida com uma de má qualidade. Afinal, existem boas opções neste perfil custo-benefício, mas é necessário realizar ampla pesquisa de mercado com o seu corretor e sites imobiliários, como Moving, Zap e Imovelweb.

“Imóveis simples são aqueles com baixa metragem quadrada. Normalmente são encontrados em bairros periféricos e atendem a uma família com um ou dois filhos. Eles são construídos com materiais básicos e compostos de dois quartos, um banheiro, sala, cozinha e lavanderia”, explica o corretor.

Castrizana afirma que a procura por casas desse porte é alta, principalmente em razão das condições de financiamento: é preciso aportar 20% do imóvel na entrada e os 80% restantes podem ser financiados.

Planejamento financeiro

“Infelizmente, muitas pessoas não conseguem se planejar para isso. Sendo assim, uma boa dica é se preparar financeiramente e psicologicamente, tendo sempre muita pesquisa e atenção aos valores de imóveis. Uma boa ideia é fazer algum tipo de poupança, seja sozinho ou com o companheiro ou companheira. Por menor que seja, qualquer valor guardado já vai ajudar na hora da compra”, recomenda.

Olho nas oportunidades

Mesmo enquanto o comprador está em fase de poupar dinheiro, o profissional recomenda acompanhar os preços. “Vale ir pesquisando, se for possível, todos os dias, pois sempre há casos de proprietários que precisavam vender logo o imóvel e acaba ofertando por valores abaixo do mercado”, sugere o corretor.

Informar-se é fundamental

O cliente deve sempre apresentar todas as dúvidas para o agente imobiliário e, assim, evitar o risco de fechar a compra e se arrepender futuramente.

“É muito importante perguntar também sobre a tipologia do imóvel, e procurar saber mais sobre a localização, o tipo de vizinhança e o mais importante: o valor discriminado do total do produto, já que com financiamentos terá acréscimos no preço final a ser pago”, recomenda o profissional.

Frequente a região

Mais uma dica dada pelo corretor é que, se possível, o interessado procure conhecer sozinho a região onde os imóveis de maior interesse estão localizados – isso é importante para formar sua própria opinião.

“É indispensável que o futuro comprador esteja satisfeito na hora da fechar o negócio, já que é onde ele vai passar boa parte da sua vida”, finaliza o especialista.

Sendo assim, é possível comprar casas simples e baratas no mercado, mas é sempre necessário que se faça muita pesquisa, tire todas as suas dúvidas, e claro, se prepare para esse momento.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas