Elisa Rosenthal

Elisa Rosenthal

Ver mais especialistas
Artigos

O que o mercado imobiliário pode aprender com Oprah Winfrey

Elisa Rosenthal é Diretora Presidente do Instituto Mulheres do Imobiliário

Por:Elisa Rosenthal 13/04/2024 2 minutos de leitura
talk-show-oprah-winfrey
A jornalista norte-americana retornou ao país após 12 anos e recebeu a primeira pergunta da audiência feita pelo empresário e filantropo Elie Horn, "legend" do setor imobiliário/ Crédito: dampoint/AdobeStock

Publicidade

A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey participou do evento Legends In Town, promovido pela XP com a consultoria Alvarez & Marsal, realizado em São Paulo na manhã desta quarta-feira (10). 

Durante a entrevista conduzida pela atriz e apresentadora Taís Araújo, Oprah falou sobre sua infância, os anos na liderança da TV americana, empreendedorismo e, claro, seus projetos e impactos pela filantropia.

Ao abrirem para as únicas duas perguntas da audiência, logo na primeira fileira, um dos maiores filantropos do Brasil e lenda viva do setor imobiliário, Elie Horn, direcionou a primeira pergunta à jornalista.

O fundador da Cyrela fez questão de mencionar o seu compromisso com a doação de 60% de sua fortuna em vida, pacto que assumiu em 2015, quando se tornou o primeiro brasileiro a aderir ao Giving Plegde – iniciativa do casal Bill e Melinda Gates e do megainvestidor Warren Buffett para que ricos doam seu dinheiro para a caridade.

Publicidade

O empresário também fez questão de ratificar as mensagens de Oprah, ao dizer “estou muito contente em ter bebido todas as suas palavras, me identifico com você totalmente”. E ainda elogiou o fato dela ter trazido Deus durante a entrevista. “As pessoas têm medo de falar Dele”, disse o empresário.

+ O que o Nobel de Economia tem a ver com o mercado imobiliário?

A pergunta em si foi mais um convite para que Oprah pudesse se unir à causa do Instituto Liberta, fundado em 2017, a partir do sonho de Elie Horn de enfrentar o que ele chamava de “escravidão sexual de meninas”. A missão do Liberta é fazer a sociedade brasileira falar e ter dimensão sobre a violência sexual contra crianças e adolescentes, trazendo provocações e reflexões sobre a temática.

Oprah respondeu concordando que o uso do dinheiro para o bem é um “trabalho divino” e que o mundo precisa de mais pessoas como Elie Horn.

Publicidade

Uma das palavras mais ouvidas durante o evento foi “intenção”. Tudo o que você faz deve ter uma intenção, ela reforçou algumas vezes.

Eu costumo dizer ao setor imobiliário que a “fórmula da mudança” é composta por dados + contexto + intenção. O que significa que dados e contextos, analisados de forma isolada, não mudam cenários.

A real mudança que traremos para o setor imobiliário está no elemento mais importante desta equação: a intenção.

Oprah deixou a mensagem que nosso setor deve beber:  “É claro que eu gosto de ganhar dinheiro, mas meu propósito não é esse. Eu nunca fui atrás de dinheiro. Ele veio, mas não era o meu propósito”.

Publicidade

Que mais empresários do imobiliário também possam estar nesta primeira fileira, incluindo a intenção e o propósito na equação pela mudança deste mercado que possui, na figura de Elie Horn, ainda uma referência solitária de filantropia.

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Confira nossas

WEBSTORIES

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Conheça mitos e verdades sobre compra de imóveis na planta

5 minutos de leitura
Imagem destacada

Softplan fecha oitava aquisição e prevê faturar quase R$ 800 mi no ano

1 minuto de leitura
Imagem destacada

Saiba o que fazer se o dono decidir vender o imóvel que você aluga

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Construção civil na pandemia: 25% de afastamento e 60 dias sem óbitos

9 minutos de leitura