Aluguel

Por que Barueri tem o aluguel mais caro do Brasil?

Possível contraste entre anúncio e preços praticados, além de poucos imóveis baratos ajudam a explicar fenômeno

Por:Breno Damascena 04/04/2024 2 minutos de leitura
barueri-aluguel
Cidade tem preço médio de locação mais alto que São Paulo e a região de Alphaville pode ter impulsionado valores / Crédito: emanuel/AdobeStock

Publicidade

O estado de São Paulo abriga a cidade com o metro quadrado para aluguel mais caro do Brasil, mas não é a capital paulista que ostenta este título. De acordo com o Índice FipeZAP de locação residencial, divulgado pelo DataZAP em fevereiro, é Barueri que possui o preço médio para locação mais valorizado do país. 

Impulsionado por uma valorização de 16,25% nos últimos 12 meses, a cidade localizada na Região Metropolitana de São Paulo tem o metro quadrado para locação avaliado em R$ 59,95. Ou seja, para alugar um apartamento de 100 m² o locatário gasta, em média, R$ 5.995,00 por mês.

+ Alta de aluguel e preço de imóveis desafiam a renda fixa. Quem lucra mais?

A hipótese do professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), Renato Cymbalista, é de que os contrastes na região de Barueri são menos marcantes que em outras cidades. 

Publicidade

“Os aluguel médios mais caros não estão necessariamente nas cidades que têm os aluguéis mais caros, mas, principalmente, elas não têm uma periferia com aluguéis muito baixos. É o caso de Balneário Camboriú, São Caetano e Santos, por exemplo. São municípios com um mercado de aluguel de baixa renda menos ativo”, conjectura. 

Santa Catarina tem 4 das 5 cidades mais caras do Brasil para comprar um imóvel

Os dados do próprio Índice ajudam a corroborar essa perspectiva. Na cidade de São Paulo, segunda colocada do ranking de custo de locação, o preço médio dos aluguéis é R$ 52,54. No entanto, a cidade possui disparidades relevantes. 

O metro quadrado no Itaim Bibi, por exemplo, está avaliado em R$ 88,6. Portanto, um apartamento de 100 m² no distrito custaria quase R$ 9 mil por mês. Já este mesmo apartamento em Santana, onde o m² custa, em média, R$ 36,3, o locatário gastaria pouco mais de R$ 3,5 mil mensais. 

Publicidade

“A região de Barueri está entre as mais caras, pois abriga Alphaville, que possui habitantes de alto nível socioeconômico. Além disso, desde a Covid-19, o centro da cidade e suas adjacências viram uma diminuição na demanda, enquanto as pessoas passaram a buscar mais natureza e tranquilidade, além de fugirem da criminalidade, o que acabou por inflacionar os preços em áreas como Barueri”, analisa Nathan Varda, CEO da Propdo Brasil, proptech que analisa dados imobiliários. 

No entanto, ele pondera que o tamanho dos imóveis negociados na região pode enviesar os resultados. Para desenvolver o Índice FipeZAP, o DataZAP considera o valor de novos aluguéis anunciados na cidade. “Estes anúncios refletem as expectativas dos proprietários, e não o que o mercado reflete. Por isso, nem sempre eles são precisos e a diferença entre anúncio e aluguel, de fato, pode variar até 50%”, alerta.

+ 67% dos imóveis novos em São Paulo têm menos de 45 m²

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Últimos dias para a entrega do Imposto de Renda: veja como declarar imóveis

6 minutos de leitura
Imagem destacada

Prédio cartão-postal do Instituto Butantan é reaberto para visitas após 3 anos de obra; veja fotos

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Quanto custa morar sozinho em SP? Veja como montar seu orçamento

4 minutos de leitura
Imagem destacada

Vaga de garagem em condomínio: conheça os tipos e esclareça suas dúvidas

3 minutos de leitura