Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Notícias / Checklist da reforma no apartamento novo: o que é necessário?

Checklist da reforma no apartamento novo: o que é necessário?

Para evitar dor de cabeça, o proprietário deve ter organização, planejamento e contar com a ajuda de profissionais


Da Redação

30/03/2020 - 3 minutos de leitura


Antes de escolher os trabalhadores que vai contratar, vale o proprietário buscar recomendações de amigos e parentes/ Foto: Getty Images

Depois de toda a burocracia e o tempo de espera para adquirir um apartamento novo na planta, há mais uma etapa que pode causar dor de cabeça ao proprietário: a reforma do apartamento.

Não tem como fugir deste momento e nem da obra, por isso, confira o checklist que deve ser seguido para realizar o acabamento no apartamento novo sem grandes problemas.

Etapas

A arquiteta e coordenadora da Kah Arquitetura e Reformas, Karina Haeffner, explica que é sim possível fazer a reforma sem tropeços. “Um conselho que sempre damos aos proprietários é sempre ter organização, planejamento, confiança e parceria com o profissional que irá ajudá-lo na obra”, ressalta. 

  • Contratação de um profissional

Há dois pontos iniciais que não podem faltar na hora de ajeitar o novo lar. “A contratação de um profissional da área, como um arquiteto ou um engenheiro, é importante para o planejamento, por que ele irá analisar a estrutura do apartamento, normas, regulamentos e pode direcionar o que será possível ou não fazer na sua reforma”, explica Karina.

  • Projeto de execuções

Após as medições do imóvel, o especialista junto ao dono define o projeto de execuções. É nele que são detalhados os materiais, componentes e o orçamento da obra.

  • Aprovação do projeto

Mais do que a aprovação do proprietário, esse é o momento que o projeto é passado para a administração do condomínio. Assim que for aprovado, é enviada também a solicitação da ligação de energia e água. 

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.
  • Contratação de mão de obra

Este é um momento muito importante da transformação. O proprietário deve ser cuidadoso na hora de escolher os trabalhadores que vai contratar. Vale buscar recomendações de amigos e parentes antes de fechar com algum técnico.

  • Materiais 

O proprietário e a equipe de profissionais fazem o levantamento das compras e da quantidade de material necessário. Essa fase é fundamental para evitar desperdício de insumos.

  • Cronograma de Execuções 

Deve-se montar previamente um cronograma de tarefas e fases da obra para que as atividades sejam feitas da forma correta. “Esta parte é relevante para que tudo siga um fluxo adequado, como por exemplo, executar a infraestrutura de elétrica (conduítes e caixas de parede) antes dos acabamentos (interruptores e tomadas)”, explica Karina Haeffner.

  • Acompanhamento das execuções

Uma das tarefas que deve ser seguida pelo dono é o acompanhamento da obra. Ele tem que verificar não somente a qualidade, mas também se estão seguindo os projetos, os prazos e a utilização dos materiais de forma adequada. 

“As execuções, resumidamente, começam pelas demolições e construções novas, seguidas de infraestrutura (elétrica e hidráulica), revestimentos, como forros e pisos, para depois seguir com os acabamentos, iluminação, marcenaria, pedras, louças e metais e, por fim, a decoração. Porém, essa ordem pode ser alterada um pouco de acordo com as necessidades e o tipo de projeto a ser executado”, comenta a arquiteta.

Checklist 

Para resumir bem todas as etapas do projeto de reforma, a arquiteta Karina Haeffner ainda separou um checklist básico dos pontos que não podem ser esquecidos durante uma obra em um apartamento novo:

  • Contratar um profissional capacitado para o projeto e depois fazer a aprovação junto ao condomínio e acompanhamento;
  • Planejamento, inclusive de todos os gastos de compras de materiais e pagamento de mão de obra;
  • Organização, com um bom cronograma e um gerenciamento adequado
  • Compra de materiais de qualidade;
  • Contratação de trabalhadores qualificados e, de preferência, recomendados.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

  • Karina Haeffner
    30/03/2020

    Muito bom, realmente a confiança e parceria com os profissionais é fundamental!


  • Notícias relacionadas