Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Investir em Imóveis / Vale a pena investir em imóveis na Argentina?

Vale a pena investir em imóveis na Argentina?

Se o objetivo for diversificar a carteira e considerar localizações valorizadas, a resposta é “sim”. Confira os principais atrativos que justificam o investimento


Da Redação

03/08/2020 - 2 minutos de leitura


O investidor consegue oferecer estadia para atender a demanda de outros brasileiros que queiram visitar o país vizinho/ Foto: Jorch_R_Orrantia pelo iStock

Quem investe no mercado imobiliário precisa ter uma carteira diversificada para aumentar as chances de obter mais rentabilidade. A compra direta de imóveis no exterior possibilita isso, mas a escolha do país que será sede do patrimônio depende dos objetivos do investidor.

Leia mais:
Como o mercado imobiliário deve se comportar pós-pandemia?
5 vantagens que mostram porque investir em imóveis vale a pena
Veja como a pandemia deve impactar tecnologias da construção civil

Se você estiver começando a dar os primeiros passos na globalização da carteira, procurar oportunidades nos países vizinhos pode facilitar o negócio devido à proximidade geográfica. Essas localidades também costumam oferecer encantos turísticos e mais facilidades para brasileiros que querem morar, estudar ou trabalhar no exterior.

Investir em imóveis na Argentina, especificamente, pode ser conveniente para ter um local fixo ao visitar ou até mesmo morar naquele país. Por um lado, o investidor consegue oferecer estadia para atender a demanda de outros brasileiros. Por outro lado, o locador tem mais facilidade em alugar o imóvel ao tratar com um proprietário brasileiro, travando a negociação no mesmo idioma de ambos.

Como integrante do Mercosul, tratado internacional entre Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai para adoção de políticas de integração econômica e aduaneira, brasileiros conseguem visitar e residir no país hermano sem grandes burocracias.

Atualmente, a comunidade de brasileiros na Argentina está entre 70 e 80 mil, de acordo com informações do portal consular, mantido pelo Itamaraty para disponibilizar informações a viajantes. A estimativa foi feita com base no último censo argentino, que registrava 40.004 residentes entre 2010 e 2017.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Facilidade para brasileiros residirem no país

Devido à participação no acordo comercial do Mercosul, não é exigido visto para morar e trabalhar na Argentina e brasileiros podem conseguir residência por dois anos (que podem ser renovados por mais dois) sem burocracias.

A comunidade de residente se organiza principalmente na capital, a charmosa Buenos Aires, que concentra 40.000 brasileiros. Um levantamento feito pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a AIESEC em 2018 aponta a Argentina como destino preferido de jovens de São Paulo para realizar intercâmbio. A explicação para a escolha é a proximidade e o custo de vida.

Já a possibilidade de entrar em universidades públicas sem precisar prestar vestibular tem atraído muitos estudantes brasileiros, principalmente aqueles que querem cursar medicina. As vagas são ilimitadas e somente é exigido de brasileiros a apresentação do diploma do ensino médio e um documento de identidade chamado DIN, que é emitido pelas autoridades migratórias. Isso torna o investimento em imóveis na Argentina promissor, pensando na locação para estudantes em Buenos Aires, La Plata e Rosário.

Uma das principais escolhas turísticas de brasileiros

Ao investir em imóveis na Argentina, você pode mirar o mercado turístico e acertar em cheio brasileiros que visitam o país vizinho. As cidades que mais recebem turistas do Brasil são: Buenos Aires, seguida de Bariloche, Mendoza e Puerto Iguazú. Outro destaque é a região da Patagônia, no extremo sul da Argentina, que tem contabilizado grande fluxo turístico. Por lá, as localidades de Ushuaia, El Calafate e El Chartén estão entre as mais visitadas.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas