Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Investir em Imóveis / 10 dicas para escolher um bom corretor de imóveis

10 dicas para escolher um bom corretor de imóveis

Fique atento. Um corretor deve ter o registro no Creci, possuir conhecimento da região, tirar suas dúvidas sobre a compra e muita simpatia


Da Redação

30/09/2020 - 2 minutos de leitura


Um profissional sensato consegue identificar as necessidades do cliente/ Foto: Getty Images
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Comprar, vender ou alugar um imóvel é uma atividade muito importante, pois envolve expectativas, muitas cédulas, um sonho e a realização pessoal. Confira abaixo algumas dicas que devem te ajudar na hora de encontrar um corretor de imóveis adequado para te auxiliar neste processo.

Leia mais:
Quarentena acelera transformações para corretores de imóveis
O que perguntar para o corretor na hora da compra?
7 dicas para escolher um bom corretor de imóveis

Registro no Creci

Todo corretor de imóveis tem que ser registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), órgão responsável por regulamentar e disciplinar a atividade. Esse é o primeiro passo para avaliar se o profissional exerce a sua profissão de acordo com os regimentos legais e garante a qualidade dos serviços prestados.

Ter experiência de mercado

Assim como em qualquer ramo de atividade, na corretagem a experiência endossa uma série de detalhes. Essa expertise assegura algumas vantagens importantes, que vão desde as técnicas de negociação, até um olhar clínico para avaliar a propriedade.

Optar por um corretor realista

Muitas vezes, quem adquire um bem está realizando um sonho. No entanto, nem tudo é como desejado, e ter ciência dos problemas também é fundamental. Um profissional sensato consegue identificar as necessidades do cliente, precificar todos os desejos e ofertar opções que possam sanar atender as aspirações.

Integrado com as novas tecnologias

Nem só de fotos e aplicativos de mensagem se faz uma corretagem tecnológica. Existem diversas outras ferramentas que facilitam os processos, como softwares de gerenciamento que oferecem benefícios para organização, agilidade, estatísticas, dentre outras funções relevantes. Um bom exemplo são os sites que integram as ofertas aos portais imobiliários, auxiliando na gestão financeira, assessorando os contratos, entre outros. Quanto mais recursos um profissional tiver, melhor você será atendido.

Possuir conhecimento da região

O conhecimento do local garante que o corretor seja capaz de associar uma moradia a todas as possibilidades que a vizinhança oferece, além de elencar questões como segurança, ruídos, microclima, dentre outras. Outra vantagem diz respeito a comparação de imóveis e valores da mesma região, ofertando sempre as melhores opções.

Escolha um agente imobiliário simpático

Toda negociação começa com uma boa conversa. Essa característica garante que o profissional tenha uma boa argumentação, persuasão e que escute as necessidades elencadas.

Fique atento às referências

Na hora de procurar um profissional qualificado, uma indicação é sempre importante. Por isso, acione seus contatos e pergunte ao antigo cliente quais os pontos positivos e negativos do corretor. Outra dica é consultar o perfil do profissional nas redes sociais e observar os comentários e avaliações sobre o seu trabalho.

Escolha um profissional compatível com você

As pessoas definem um bom profissional não só de acordo com os serviços prestados, mas também de acordo com o perfil. A falta ou o excesso de agilidade, objetividade, argumentação, dentre outros aspectos, podem prejudicar o relacionamento com o consultor.

Consultoria completa na corretagem

As atividades dos corretores de imóveis vão muito além de vender. Exija uma consultoria completa, com feedback, apoio jurídico, oferta de produtos financeiros, dentre outras questões na hora de adquirir um patrimônio.

Atendimento inclusive no pós-venda

Um bom agente imobiliário também atende os seus clientes após a aquisição do apartamento ou da casa, ajudando com questões sobre onde contratar determinados serviços após a mudança, fornecer apoio na hora de transferir as contas de consumo e demais necessidades que podem surgir.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas