Sumário

    O bairro do Grajaú é formado por três distritos: Grajaú, Amarante do Grajaú e Sítio Novo do Grajaú. Nasceu nas décadas entre 50 e 60, quando a cidade de São Paulo vivia um momento de expansão intensa durante o processo industrial.

    Localizado na zona sul, seu nome é descrito no dicionário Aurélio como “uma espécie de cesto fechado e oblongo, no qual os roceiros transportam galinhas e outras aves ao mercado”. Ou “um tipo de recipiente no qual é transportada a louça de barro, a cavalo ou a pé”. Ou ainda, “uma espécie de caixa para acondicionamento de peixe seco”.

    Grajaú está entre os cinco maiores distritos de São Paulo, com uma população de aproximadamente 360.787 pessoas, segundo a Rede Social das Cidades, e possui o maior número de pessoas vivendo em moradias irregulares: existem 176 comunidades na área da subprefeitura de Socorro, grande parte delas no distrito do Grajaú. São mais de 50 mil pessoas vivendo em barracos e pequenas casas de alvenaria.

    O bairro possui forte atividade cultural, principalmente voltada para a educação: o grafite, a música, a arte e os projetos sociais são formas de interação e descoberta de talentos que ajudam moradores locais. Nomes conhecidos, como o jogador de futebol Ralf, volante do Corinthians, a banda de Rap Metal Pavilhão 9 e o rapper Criolo, que criou a música Grajauex, são alguns que possuem ligação afetiva com o bairro, seja como morador, seja como frequentador, dando origem a projetos na região, que tem conexão com Pedreira, Diadema, São Bernardo do Campo, Cidade Dutra e Parelheiros.

    Mobilidade

    Grajaú oferece fácil acesso aos trens da linha 9 Esmeralda da CPTM, bem como ao movimentado terminal de ônibus do Grajaú, que conecta o bairro a vários pontos da cidade de São Paulo. Além disso, a  futura Estação Varginha, extensão da linha 9, tem previsão de entrega de suas obras até o fim do ano de 2022. O bairro também tem proximidade com a Avenida Sabará, Avenida Interlagos e Washington Luiz, que conecta o Grajaú ao centro da cidade.

    Quanto custa para morar

    O Grajaú está na zona E, segundo dados da pesquisa CRECI-SP. O metro quadrado custa em torno de R$15.75 m² a 27,38 m² para locação. Para compra, o preço começa a partir de R$3.163 m².

    Lazer

    Com opções culturais gratuitas, espaços como o Centro Cultural Palhaço Carequinha, que oferece Oficina, teatro, dança, música, cinema e leitura. O Sarau do Grajaú para gosta de leitura, poesia e produções artísticas independentes. e Também  a Casa Ecoativa, um centro eco-cultural localizado na Ilha do Bororé, às margens da Represa Billings que promove o acesso à cultura e a práticas sustentáveis para a comunidade.