Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Compra / Saiba como avaliar um imóvel para vender

Saiba como avaliar um imóvel para vender

A avaliação é importante no processo de venda e pode ajudar na negociação

  • (2.0)

Da redação

02/04/2019 - 2 minutos de leitura


Avaliar um imóvel ajuda a diminuir o tempo de venda. Foto: iStock

Você decidiu mudar de casa ou apartamento. Já pesquisou onde quer morar e tem até um imóvel em vista para adquirir. Mas, antes, precisa vender o seu. Nesse momento, o seu imóvel a ser vendido deve ser avaliado.

Leia mais:
Conheça as regras para o financiamento pelo Minha Casa Minha Vida
Comprar um imóvel: 6 dicas que você precisa saber
Vagas de garagem: conheça os tipos oferecidos pelos condomínios

“O benefício de uma avaliação imobiliária é conseguir diminuir o tempo de venda, criar atratividade de visitas e possibilidades de negociação”, diz o diretor de vendas da Lello Imóveis, Igor Freire.

Para taxar o imóvel de forma correta, é necessário considerar a localização, o preço médio do metro quadrado na região, a quantidade de imóveis em oferta no entorno (que pode indicar um aquecimento ou não do mercado), o perfil do imóvel (residencial ou comercial), o estado de conservação e a idade do imóvel, segundo o presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP), José Augusto Viana.

Avaliação informal ou formal

Informalmente, é possível chegar a uma aproximação do valor da casa ou apartamento a ser vendido ao comparar propriedades com características similares e na mesma região, em sites de classificados. Um corretor de imóveis também pode sugerir um valor, com base na experiência dele com o mercado imobiliário.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Já se a ideia é ter uma análise técnica – necessária em acordos e decisões judiciais e partilha de bens – é possível contratar um laudo de avaliação de imóvel, que utiliza critérios definidos para identificar valores, custos ou indicadores de viabilidade econômica. O laudo considera, além da comparação com propriedades semelhantes, dados de infraestrutura e de mobilidade urbana.

O profissional responsável por emitir o laudo é chamado de corretor avaliador, que, além de ter formação em nível superior ou técnico, deve ser especializado na área de avaliações e perícias e estar inscrito nos conselhos profissionais regulamentadores.

De olho no preço final

Seja qual for o formato da avaliação, é preciso saber que ela apenas baseia uma negociação, mas não indica o preço que o imóvel será vendido. Porque, o que é valorizado para alguns compradores, pode não ser para outros. E isso inclui de localização – duas pessoas podem ter opiniões divergentes sobre morar próximo a uma praça, por exemplo – até facilidades do condomínio.

O valor do condomínio, inclusive, influencia no preço, segundo Igor Freire. “Existem imóveis com valores de condomínio muito altos, sem lazer (mais antigos), e isso deve ser considerado no preço final do apartamento”, finaliza o diretor de vendas.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas