Aluguel de temporada

Como identificar golpes ao alugar imóvel no carnaval

Preços irreais podem ser o sinal de alerta para um problema

Por: Redação, Estadão Imóveis 27/01/2024 2 minutos de leitura
carnaval-alugar-turismo
Consultar avaliações feitas por outros hóspedes vão aumentar sua segurança para curtir o carnaval sem preocupação/ Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

Publicidade

Desde o final da pandemia, a expectativa do setor de turismo é que o carnaval estimule a economia local e, por consequência, impulsione o mercado de aluguéis temporários, marcando a retomada do segmento.

Entretanto, em meio à animação, é crucial que inquilinos e locadores estejam atentos para evitar contratempos e assegurar uma experiência positiva. Há quem aproveite o período alegre para tentar aplicar golpes. É importante manter a atenção para fazer uma escolha segura e que não resulte em surpresas desagradáveis. 

A advogada Thaís Oliveira, da área cível do escritório Abe Advogados, destaca a importância de optar por plataformas conhecidas na hora de escolher o imóvel para passar o feriado de carnaval. “Elas oferecem respaldo, atestando a veracidade do bem e a existência dos proprietários”, argumenta. “Também é importante desconfiar de valores muito abaixo da média de mercado”. 

Essa visão é corroborada por Leonardo Peres Leite, advogado especializado em contratos e relações de consumo e sócio do escritório MV Costa Advogados. Ele enfatiza a necessidade de observar o anúncio com atenção para examinar as fotografias e ler comentários sobre a propriedade. 

Publicidade

“Se possível, consulte avaliações do imóvel. Faça contato com o anunciante, para obter dele a confirmação das informações e também para indagar sobre preços, condições”, sugere o advogado. “Atenção para tratativas via e-mail e whatsapp, pois são suscetíveis a fraudes. O ideal é que o contato seja telefônico, ao menos nas primeiras conversas”, alerta. 

Um sinal de que algo está errado são valores irreais, muito abaixo dos preços praticados no mercado. “Este pode ser o primeiro indício de golpe. Se possível, pesquise imóveis similares ou localizados no mesmo edifício para comparar”, orienta Leonardo. 

Outro cuidado indicado pelos especialistas neste processo é o contrato de locação. “É essencial que os contratantes formalizem a locação por meio de um contrato escrito, abordando todos os detalhes necessários como datas de entrada e saída, condições de pagamento e as regras específicas da propriedade e, principalmente, do condomínio onde o imóvel está localizado”, afirma. 

Além da segurança jurídica, essas informações norteiam o locador para as permissões e garantias da hospedagem, podendo se preparar para levar ou não o animal de estimação, por exemplo. 

Publicidade

Caso não seja possível visitar o imóvel, é recomendável buscar outras formas de confirmação, como a visualização prévia do local por aplicativos de mapa, buscar fotos detalhadas e vídeos que possam provar as características e condições do imóvel.

Por fim, é importante se precaver documentando todo o processo de negociação. “É essencial que os envolvidos celebrem um contrato de locação, com cláusulas redigidas de forma clara, proporcionando pleno entendimento e compreensão. Se o anunciante não oferecer contrato ou se o contrato não for adequado, recomenda-se não celebrar o negócio”, defende Leonardo.

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Como funciona o programa Vizinhança Solidária?

2 minutos de leitura
Imagem destacada

5 dicas para não perder tempo na obra

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Vilas fechadas são vistas como alternativa barata a condomínios

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Varandas verdes: beleza e qualidade de vida

4 minutos de leitura