Indicadores Estadão Imóveis
FIPEZAP: 
0.43%
ICON: 
0.45%
IGP-M: 
-0.64%
INCC: 
0.51%
IPCA: 
1.14%
PMI: 
23.0%
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Notícias / Assinatura digital permite que inquilino mude em poucos dias

Assinatura digital permite que inquilino mude em poucos dias

Garantia de aluguel e intenção de compra e venda já podem ser realizadas a partir de smartphones e computadores

  • (3.0)

Da Redação

03/05/2019 - 3 minutos de leitura


Uso da tecnologia resulta também em economia financeira e sustentabilidade/ Foto: iStock
São Paulo sedia Urban Future:...

03/11/2021 20:00 até 03/11/2021 23:00


Que o tempo anda escasso já não é novidade. Principalmente para quem mora nas grandes cidades e perde muito tempo no trânsito. Por isso, o que for criado com intuito de oferecer agilidade nos processos burocráticos tem tudo para ganhar um número grande de adeptos. E isso já é uma realidade no mercado imobiliário brasileiro depois do surgimento da assinatura digital.


A solução é uma técnica que utiliza criptografia para conferir segurança e integridade aos contratos digitais. Ela tem a mesma validade jurídica do que o papel e é amplamente aceita por órgãos públicos. Antes dela, para assinar um acordo de locação, por exemplo, seria necessário que as partes envolvidas se deslocassem até um cartório, investindo tempo e energia. No caso dos interessados residirem em cidades diferentes, o processo ficava ainda mais lento e caro.

“Antes de trabalhar com a solução, a assinatura de um contrato de locação, por exemplo, demorava semanas para ser finalizada. Com o uso da plataforma, a verificação de autenticidade e assinatura é realizada no mesmo dia ou no máximo dois dias”, afirma o advogado e franqueado da imobiliária Remax Gol, Márcio Santos.

Por meio da internet, processos burocráticos, como a assinatura de um contrato, seguro-fiança, garantia aluguel e até a intenção de compra e venda podem ser realizadas a partir de smartphones, computadores ou tablets com conexão, agilizando formalidades e permitindo todo o acompanhamento dos trâmites em tempo real.

O grupo Remax, aliás, passou a digitalizar os processos das mais de 150 imobiliárias presentes no País com o serviço de assinatura eletrônica da empresa DocuSign, com o objetivo de agilizar o fluxo de trabalho e reduzir o tempo dos trâmites burocráticos.

Experiência

“Foi muito fácil, seguro e rápido assinar o contrato eletronicamente. Depois disso, já comprei outro imóvel e um veículo, mas, infelizmente, precisei assinar presencialmente em papel, o que trouxe mais gastos e estresse, levando um tempo maior”, confirma Emerson Cardoso. O empresário mudou para Minas Gerais há nove meses e deixou a locação de um apartamento aos cuidados da Remax.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.

“Há dez anos, aluguei um imóvel e todo o processo foi presencial. Tive de reconhecer firma em cartório e levou bastante tempo. Dessa vez, eu e minha esposa assinamos o contrato eletronicamente via aplicativo de celular. Seria ótimo se todas as instituições aceitassem a assinatura eletrônica”, confirma Nuno Pimenta, engenheiro que alugou o apartamento de Emerson.

Vantagens

Segundo o levantamento da DocuSign, essa prática contribuiu até o momento para que imobiliárias reduzissem em até 80% do tempo de fechamento de contratos de alugueis e permitissem que inquilinos se mudassem no dia seguinte da assinatura do contrato.

Além disso, em 2018 esse segmento apresentou crescimento de 19,2% na venda de novos imóveis, segundo a pesquisa Indicadores Imobiliários Nacionais da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), realizada em parceria com o Senai Nacional.

“A plataforma oferece agilidade e diferencial competitivo para as imobiliárias, que passam a gerir melhor seus negócios. Além de reduzir custos com impressão, transporte e armazenamento de documentos, a solução permite que os clientes assinem documentos a qualquer momento, usando praticamente qualquer dispositivo móvel”, comenta Gustavo Brant, vice-presidente de vendas da DocuSign na América Latina.

O uso da tecnologia, além de diminuir o tempo da formalização, também resultou em economia financeira, eliminando gasto com envio de documentos em papéis, impressão e cartório. Segundo a empresa, 30% das negociações foram realizadas digitalmente no Brasil. Já nos EUA, esse número chega aos 80%.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas