Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Notícias / 10 dicas para o uso seguro de botijões de gás em casa

10 dicas para o uso seguro de botijões de gás em casa

É necessária muita atenção, pois qualquer vazamento pode oferecer risco de intoxicação ou explosão e causar danos irreversíveis


Da Redação

08/09/2020 - 3 minutos de leitura


O botijão precisa de local arejado e em hipótese alguma deve ser mantido guardado em locais fechados/ Foto: Getty Images

A utilização do gás de cozinha faz com que as pessoas precisem redobrar os cuidados, pois um pequeno vazamento pode ser muito perigoso para o imóvel, moradores e até vizinhança. Por isso, confira dez recomendações da Associação de Defesa do Consumidor (Proteste) da Ultragaz para garantir não só as refeições como também a segurança.

Leia mais:
Reforma de casa: saiba quais mudanças valorizam o imóvel
5 dicas para criar uma área gourmet em qualquer espaço
Será que a cozinha verde-abacate pode voltar?

1 – Nunca faça “extensões” na mangueira de gás

Jamais modifique a mangueira de gás, cortando ou juntando duas ou várias delas. O ideal é que você posicione seu botijão a uma distância razoável e que não estique demais a mangueira original, que deve ter no máximo 80 centímetros de comprimento. Sempre faça o cálculo do espaço antes de instalar.

2 – Cuidado com o calor na mangueira

Atenção com a disposição da mangueira de gás. Não a deixe posicionada atrás do fogão, pois o calor durante a cocção pode danificá-la e causar vazamentos.

3 – O botijão precisa de local arejado

Em hipótese alguma mantenha seu recipiente de gás de cozinha guardado em locais fechados, como armários ou estruturas fechadas. Para protegê-lo do ambiente externo, o ideal é que seja construído um abrigo próprio para botijões, com a porta bem arejada e espaço para o gás, o registro e a mangueira. Mantenha o local sempre bem limpo.

4 – Fique sempre de olho no prazo de validade da mangueira

Você sabia que as mangueiras de gás possuem prazo de validade? Normalmente, recomenda-se que elas sejam trocadas a cada cinco anos no máximo, garantindo a integridade e a segurança da peça.

5 – Gás e produtos inflamáveis não combinam

Parece uma dica óbvia, mas é muito importante sempre ressaltá-la. Nunca posicione seu produto perto de armários ou prateleiras que guardem itens inflamáveis (querosene, álcool, removedor, inseticidas, aerossóis, alvejantes, entre outros). Em caso de vazamento, eles podem entrar em contato com o gás e causar explosões.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

6 – Ralos e caixas de esgoto merecem atenção

Lembre-se sempre de manter o botijão afastado pelo menos um metro e meio de ralos, grelhas de escoamento de água e caixas de esgoto. Isso porque o fluido é mais pesado do que o ar, e pode, em caso de vazamento, infiltrar-se nesses locais e causar explosões caso entre em contato com alguma faísca ou chama.

7 – Nada de deitar o botijão!

Muitas pessoas imaginam que ao deixar o recipiente na posição horizontal é possível aproveitar o finalzinho do gás e continuar cozinhando. Não faça isso! Além de não cumprir a finalidade (render mais), quando o vasilhame é deitado o GLP pode vazar pela mangueira e danificar o regulador de pressão.

8 – Não utilize ferramentas para ajustar o regulador de pressão

A instalação do regulador de pressão deve ser realizada manualmente, jamais com o auxílio de ferramentas. Elas podem causar desgaste ou avaria na peça, além de apresentarem o risco de produção de faísca, caso haja atrito com o invólucro.

9 – Sempre faça o teste de vazamento

Simples e fácil, o teste ajuda a detectar precocemente qualquer vazamento logo na instalação ou troca do gás. Ao conectar o regulador de pressão, basta passar bastante espuma de sabão entre a conexão do regulador de pressão e a boca do recipiente. Se aparecerem bolhas, significa que existe vazamento. Ocorrendo isto, o regulador deve ser desconectado e o procedimento repetido. Caso as bolhas persistam, solicite a imediata troca do produto.

10 – Compre apenas produtos confiáveis

A marca da distribuidora, a certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e ao prazo de validade devem estar especificados no corpo do botijão de gás, em seu regulador de pressão e sua mangueira. Recuse botijões sem o lacre da distribuidora na válvula, muito amassados, enferrujados e com as alças soltas.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas