Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Investir em Imóveis / Quais as vantagens de investir em imóveis?

Quais as vantagens de investir em imóveis?

Investimento imobiliário é uma das formas mais seguras de fazer uma aplicação financeira

  • (2.0)

Da Redação

31/03/2020 - 2 minutos de leitura


Atuar no mercado imobiliário pode ser uma fonte de renda e gerar lucros/ Foto: Getty Image

Há várias maneiras de investir o dinheiro que está sobrando no orçamento, como a poupança, títulos, bolsa de valores e imóveis. O investimento no ramo imobiliário, seja em apartamentos, casas, terrenos ou até loteamentos, é uma das maneiras mais tradicionais e seguras de fazer uma aplicação. “Principalmente no atual cenário econômico do País. Somente em março de 2020 a bolsa variou 35% para baixo, por exemplo”, explica o economista Luiz Calado. Diante das circunstâncias, veja quais são as maiores vantagens desse tipo de investimento:

Leia mais:
3 medos comuns de quem procura investimento em imóveis

Segurança 

Vale a pena reforçar: a segurança é uma das principais vantagens de fazer um investimento no setor imobiliário. É comprovado que este é o ativo que consegue manter seu valor mesmo em tempo de crise financeira. Por isso, é uma oportunidade interessante para quem quer garantir renda para o futuro. Com uma propriedade comercial ou residencial em uma boa localização, o ganho é quase certo e vitalício.

Além disso, por não ter uma relação direta com a quebra de bancos e da bolsa de valores e também por não poder ser congelado pelo governo, como a poupança, por exemplo, os riscos no mercado imobiliário são praticamente inexistentes. “Independente da crise que o mercado ou o País passe, a casa ou apartamento adquiridos permaneceram como patrimônio, diferente de outros investimentos que podem desvalorizar muito e causar perdas grandes ou totais”, aponta Calado. 

Claro que há as exceções, por isso é importante tomar algumas providências, sobretudo no caso dos imóveis na planta. É preciso ficar de olho na construtora que está realizando a obra e ter conhecimento do seu histórico. Além de tudo, tem que dar preferência sempre a empresas de renome, que garantem ainda mais segurança ao investimento.

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Valorização constante 

Segundo o levantamento feito pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), existe um déficit habitacional no Brasil de 7,78 milhões de residências. Esse fato, somado ao aumento populacional, gera um acréscimo na demanda por moradias. O efeito desse incremento da procura resulta na alta dos preços de imóveis existentes, pois, as empresas do setor não têm capacidade de produção para atender todo consumo. Além disso, alguns fatores potencializam ainda mais essa elevação, como lançamentos diferenciados.

Em 2019, o mercado imobiliário demonstrou um agravamento maior do que o registrado no ano anterior, é o que mostra a pesquisa feita pela Associação dos Registradores de Imóveis de São Paulo (Arisp) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). As operações de compra e venda de casas e apartamentos, no acumulado de 12 meses até junho de 2019, foi quase 6% maior do que em 2018.

Renda extra 

Atuar no mercado imobiliário realmente pode ser uma fonte de renda e gerar lucros para o investidor. Isso porque mesmo quando o momento não é favorável para a venda, o aluguel será uma opção interessante para quem tem um apartamento ou uma casa parada, por exemplo.

Além disso, com o investimento na locação, acaba surgindo uma renda passiva, ou seja, uma espécie de salário que não depende diretamente de um emprego, permitindo ao proprietário cobrir as despesas do imóvel ou até outras e ainda garantir um dinheiro a mais no orçamento para investir em outras aplicações.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas