O bairro do Limão, localizado na região noroeste do município, faz parte da subprefeitura da Casa Verde e passou a abrigar a sede atual do jornal O Estado de S. Paulo a partir de 12/6/1976. A mudança do jornal para o  bairro com características e atividade industrial contribuiu para sua valorização juntamente com a inauguração de uma grande marca de rede de supermercados.

História

O bairro era ocupado por um sítio e chácaras na região e adjacências. Na época, foi descoberto um pé de limão bravo na divisa com o bairro vizinho, Freguesia do Ó, o que inspirou o nome de Bairro do Limão, que logo começou a ser ocupado pelos primeiros moradores em loteamento em 1921. Nove anos depois se intensificaram as instalações das primeiras famílias.

A partir daí, na década de 30, o bairro passou a se desenvolver e em 1939 foi criada a Paróquia de Santo Antônio do Limão. Em 1935 chegou a primeira linha de ônibus, que saía da Barra Funda e ia até a Vila Santa Maria, passando pelo Limão. Anos depois, em 1964, foi feita a ampliação de uma linha já existente, passando a ligar o bairro ao Jardim Paulista. No mesmo ano, o Limão passou a ser o 44º subdistrito do município de São Paulo, pela lei 8.092, de 28 de fevereiro de 1964, porém, foi instalado somente em 17 de janeiro de 1965. 

A área deste subdistrito é de aproximadamente 5 quilômetros quadrados e abrange várias vilas como Parque São Luís, Vila Siqueira e a mais antiga do subdistrito: Vila Santa Maria, de 1930. As demais vilas surgiram entre as décadas de 50 e 60. Outro ítem que trouxe benefícios ao bairro foi a Sociedade Amigos do Bairro do Limão, fundada em 1953. O aniversário do bairro antes comemorado em 13 de novembro é atualmente comemorado em 1º de outubro.

Quanto custa para morar 

O bairro segue em crescimento e expansão imobiliária nos últimos anos, sendo opção de cada vez mais paulistanos em busca de qualidade de vida, conforto e infraestrutura que o bairro oferece.

O metro quadrado no bairro do Limão tem preço médio na venda de R$5.542,26m².  Já para locação, o preço médio é de R$24,49m² a R$32,98m², entre casas a partir de dois cômodos a apartamentos de dois dormitórios, segundo dados do CRECI-SP.

Mobilidade

A região do Bairro do Limão tem como principais vias a Nossa Senhora do Ó, a Avenida Inajar de Souza e a Engenheiro Caetano Álvares, que faz ligação com a Marginal Tietê, garantindo fluxo rápido de acesso a diversos pontos da cidade. A região possui a estação Água Branca na linha Rubi da CPTM e também a Estação Barra Funda, na linha Vermelha do Metrô, via conexões por ônibus.

Lazer

O Limão possui em seu entorno várias escolas de samba como Unidos do Peruche e Mocidade Alegre, considerado um bairro com forte presença sambista da zona norte de São Paulo.

Um dos pontos mais famosos do Limão é o Centro de Tradições Nordestinas que recebe milhares de pessoas semanalmente. No local acontecem shows típicos desta região brasileira, acompanhados de quitutes gastronômicos, como o baião de dois. O Centro de Tradições Nordestinas fica na Rua Jacofer, 615 – Limão. 

Distritos vizinhos oferecem boas opções de lazer, como o shopping Bourbon e o estádio Palestra Itália, bem como o Clube Palmeiras, localizados na Barra Funda. Outro costume da região é a forte tradição religiosa voltada ao catolicismo. Prova disso é a Paróquia Santo Antônio do Limão, onde muitos vão fazer agradecimentos e pedir uma “mãozinha” ao santo casamenteiro.

Na parte gastronômica podemos encontrar as opções do Amigos do Picuí e do Empório Nordestino. Outra cozinha presente é a culinária gaúcha, com destaque para o Boi 1000, uma churrascaria com cortes de diversas especialidades, somado a rodízio de pizza e buffet de salada. Para as tardes, a Cafeteria Pé de Café é uma das principais da região e realiza eventos culturais.


Educação

O bairro também abriga escolas particulares como o Colégio Freitas Moura, Nova Época, Irei e Dom Bosco – Aquarelinha. E escolas públicas como a Professor Luiz Gonzaga Righini, Escola Professora Angelina Madureira, Antoine de Saint Exupéry, Professora Dulce Ferreira Boarin e Joaquim Nabuco.

Saúde e serviços

O bairro oferece atendimento na Clínica particular do Dr. Consulta de atendimento mais acessível. Também a Clínica Medicina da Mulher, Cecor Cateterismo da Zona Norte, Ah Cachoeirinha e o Hospital da Barra Funda, no bairro vizinho.