Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


O Itau inovou para você ter mais crédito e pagar menos. QUERO SABER MAIS
O Itau inovou para você ter mais crédito e pagar menos. QUERO SABER MAIS
Decoração, reforma e construção

Página inicial / Decoração, reforma e construção / Conheça as três principais tendências da arquitetura

Conheça as três principais tendências da arquitetura

Praticidade, sustentabilidade e tecnologia serão as responsáveis pelas principais novidades da construção civil nos próximos anos


Da Redação

30/10/2020 - 2 minutos de leitura


Essas soluções funcionam como um sistema integrado que controla tudo em sua residência/ Foto: Getty Images
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Um novo ano está se aproximando e com ele novas tendências estão surgindo na arquitetura e no design de interiores. E, diante das perspectivas de futuro, ganham ainda mais espaço a praticidade, a sustentabilidade e a tecnologia.


“Esses três elementos, cada vez mais, serão aplicados a favor de seu usuário”, analisa a arquiteta Gabriela Mendes, do escritório Gabriela Mendes Arquitetura. “Não só por meio do uso de equipamentos, mas, sim, com um design que proporcione elementos inovadores e criativos que dinamizem e aprimorem o dia a dia. É nítido que esse assunto vem ganhando força não só na arquitetura, mas em todos os segmentos”, afirma.

Praticidade

Segundo a profissional, diante de uma rotina cada vez mais corrida, as pessoas precisam de um ambiente que facilite as tarefas e, ao mesmo tempo, permita que elas tenham mais tempo livre.

“A vantagem da utilização de uma arquitetura mais prática é o ganho de tempo e consequentemente o ganho de espaço no design. Apostar em uma marcenaria funcional pode ajudar muito nesses momentos. O lado negativo é que normalmente são itens muito detalhados, pensados e personalizados para cada residência. Portanto, o custo pode ser mais elevado”, analisa Gabriela.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é outro tema que segue em pauta. As novas gerações exigem soluções para resolver o problema da emissão de gases, utilização desenfreada de água, energia e materiais. De acordo com a arquiteta, estudos são realizados diariamente para criar novas tecnologias para isso, tais como a fazenda sustentável, tintas que agridem pouco o meio ambiente, construções cada vez mais limpas e outras.

“Um exemplo de solução sustentável é construir grandes aberturas nas paredes, com janelas que permitem a entrada de luz e ventilação natural. O lado negativo é o custo. Neste caso, tanto mão de obra quanto material são mais elevados quando comparados ao método tradicional”, explica. “É necessário pensar no longo prazo, ou seja, haverá retorno desse investimento, com reduções nas contas de luz, água ou outro item.”

A arquitetura que não pensar em sustentabilidade parece estar com os dias contatos. “As pessoas já optam por itens mais caros e sustentáveis – é o caso do bloco celular, tecnologia da qual ouviremos falar muito nos próximos anos”, afirma a arquiteta. “Hoje em dia, nossas construções utilizam 80% de materiais comuns e apenas 20% sustentáveis, mas, no futuro, vamos inverter esse quadro.”

Tecnologia

No quesito tecnologia, vem crescendo a implementação de casas integradas com automação e inteligência artificial. Essas soluções funcionam como um sistema integrado que controla tudo em sua residência. “A vantagem é poder apresentar soluções para seu cliente onde ele pode simplificar os processos e ainda ter uma vida mais confortável. Isso é o que as pessoas irão buscar para as próximas gerações”, conclui ela.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas