Aluguel

Aluguel de imóvel comercial em São Paulo é o mais caro do País

O preço médio de locação na capital paulista é R$ 48,85

Por:Breno Damascena 25/05/2023 1 minuto de leitura
aluguel-comercial-valorizacao
Cidade também é líder nacional no preço de venda de espaços comerciais/ Crédito: Getty Images

Publicidade

Nos últimos 12 meses, o valor de locação dos imóveis comerciais em São Paulo aumentou 5,55%. Com isso, o preço médio do aluguel na capital paulista chegou a R$ 48,85 e permanece como o mais caro do Brasil. Só no mês de abril, a cidade registrou uma alta de 0,61%, de acordo com o Índice FipeZAP+ de Locação Comercial, elaborado pelo DataZAP+. 

Apesar de estar na liderança, São Paulo não é a única cidade que registrou alta no mês e nem no ano. A valorização do aluguel comercial em Salvador chegou a 1,02% no mês de abril e 8,89% nos últimos 12 meses. A capital baiana ficou atrás apenas de Florianópolis (+10,57%) e Curitiba (+11,27%), que ultrapassaram os 10% de valorização no ano. 

Fonte: Índice FipeZAP+ de venda e locação comercial de abril de 2023

O Índice que monitora os preços de venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² em 10 capitais brasileiras registrou desvalorização do imóvel comercial apenas em Brasília e Belo Horizonte nos últimos 12 meses. Em abril, a capital do País registrou uma queda de 0,65%. A variação negativa nos últimos 12 meses chegou a 2,08%. Já Belo Horizonte teve alta de +0,61% no mês, mas a variação anual foi de -0,64%.

Valor de compra e venda

São Paulo também é a líder nacional no preço de venda de espaços comerciais. O custo médio para adquirir um imóvel deste tipo na cidade é de R$ 9.996. No Rio de Janeiro, segundo lugar no ranking, o preço do m² é R$ 8.779. 

Publicidade

Já Florianópolis (R$ 8.336) surpreende na terceira posição, após uma variação positiva de 2,96% nos últimos 12 meses. Os preços na cidade catarinense são impulsionados pelos valores cobrados atualmente por imóveis residenciais na região. Enquanto isso, Belo Horizonte (-3,68%), Porto Alegre (-4,02%) e o Rio de Janeiro (-3,89%) registraram quedas no valor de compra desses imóveis nos últimos 12 meses. 

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

A polêmica sobre as câmeras de reconhecimento facial

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Brooklin: um bairro com vocações bem distintas uma da outra

3 minutos de leitura
Imagem destacada

O que é blockchain e quais são seus impactos no mercado imobiliário?

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Confira 5 mudanças simples no lar para começar 2022 com o pé direito

3 minutos de leitura