Prêmio Top Imobiliário

Top Imobiliário 2022: Cyrela, Lopes e Tenda são as campeãs da 29ª edição

Top Imobiliário 2022: Cyrela, Lopes e Tenda são as campeãs da 29ª edição

Por: Heraldo Vaz, especial para o 'Estadão' 01/07/2022 1 minuto de leitura
empresas-campeas-do-top-imobiliario-2022
Top Imobiliário foi criado pelo Estadão; nesta edição, 182 incorporadoras, 162 construtoras e 76 vendedoras concorreram ao ranking final das '10 mais' em cada categoria/ Crédito: Felipe Rau/Estadão

Publicidade

Top Imobiliário 2022 – A Lopes Consultoria de Imóveis participou de 77 lançamentos, com valor geral de vendas de R$ 8,2 bilhões. Para a diretora de Atendimento da imobiliária, Mirella Parpinelle, “a tendência é de crescimento no médio e alto padrão”. 

Exclusivamente voltada para produção de imóveis econômicos, enquadrados no programa federal Casa Verde e Amarela (CVA), a Tenda Negócios Imobiliários contabilizou R$ 1,4 bilhão com a venda futura de 7,8 mil unidades lançadas no ano passado.  

Daniela Ferrari, diretora da Regional São Paulo, vê “esvaziamento da concorrência no CVA” com a saída de empresas que abriram mão de participar do programa. 

Nesta edição do Top Imobiliário, 182 incorporadoras, 162 construtoras e 76 vendedoras concorreram ao ranking final das “10 mais” em cada categoria. Criado pelo Estadão, o prêmio é uma parceria com a Embraesp desde 1993.  

Publicidade

Em 2021, os médio e alto padrões superaram a moradia popular. São Paulo bateu recorde com 81,8 mil novos imóveis. A maioria (56%) para as classes média e alta, segundo o Sindicato da Habitação (Secovi-SP). Foram 27,7 mil com dois ou mais dormitórios e 18,4 mil de 1 quarto. “Imóveis de 30 m² são vendidos por R$ 700 mil”, diz o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci. 

Este ano, São Paulo recebeu 85 mil imóveis no acumulado de 12 meses até abril. Médio e alto padrões crescem mês a mês – 58% de participação em março e 59% em abril. Já a moradia popular fechou o ano com 44% de participação e, agora, caiu para 41%. 

Em 2021, foram 45,8 mil imóveis para a classe média e alta contra 36 mil para moradia popular. Somando, o valor global lançado foi de R$ 41,8 bilhões. Em unidades, há polarização, mas em dinheiro é incomparável: R$ 34,5 bilhões para o médio e alto padrão (83%) e apenas R$ 7,3 bilhões para o segmento de baixa renda (17%). 

As premiadas em 3 categorias

Por seu desempenho em 2021, o 2º ano de pandemia, 17 empresas foram contempladas nesta 29ª edição do prêmio

Publicidade

5 quesitos, com base no total de lançamentos, definem o ranking em cada uma das 3 categorias: 

  • Número de empreendimentos 
  • Blocos 
  • Total de unidades residenciais 
  • Área construída 
  • VGV lançado

Este texto foi originalmente publicado em: https://economia.estadao.com.br/noticias/geral-cyrela-lopes-tenda-campeas,70004106391

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Com Casa Verde Amarela parado, Bolsonaro anuncia subsídios em linha para policiais

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Como fomentar cidades afetivas?

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Por que mulheres também deveriam entender sobre imóveis?

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Uma volta pela casa: Cary Leibowitz

0 minutos de leitura