Notícias

Ter mais espaço é diferencial na busca por imóvel no Brasil

Além disso, locais com mais segurança e área de lazer também estão entre os aspectos mais desejados

Por:Breno Damascena 11/09/2023 2 minutos de leitura
comprar-imovel-mais-espaco
Desejo de sair do aluguel é o principal motivo para procurar imóvel/ Crédito: Getty Images

Publicidade

Ter mais espaço em casa é o principal motivo para a busca de imóveis no Brasil, de acordo com o estudo Comportamento do Consumidor e as Tendências para 2023, elaborado pelo Brain Inteligência Estratégica. Para 85% das pessoas, a perspectiva de morar em um imóvel maior é mais importante do que outros diferenciais, como segurança (82%) e áreas de lazer (82%).

Fonte: Comportamento do Consumidor e as Tendências para 2023/ Brain Inteligência Estratégica

Quando a pesquisa analisou o motivo para de fato realizar a compra, ter mais espaço em casa aparece na segunda colocação (20%). Em primeiro lugar, vem a possibilidade de sair do aluguel, com 33%. “Dois motivos principais explicam isso: a questão da renda, afinal grande parte do déficit habitacional decorre do excesso de gasto da renda em relação ao aluguel, e quanto menor a idade, mas comum é viver de aluguel”, afirma o CEO da Brain Inteligência Estratégica, Fábio Tadeu Araújo. 

Fonte: Comportamento do Consumidor e as Tendências para 2023/ Brain Inteligência Estratégica

Entre os fatores que são barreiras para a compra, para 67% das pessoas a situação financeira individual é o maior empecilho. Na sequência, aparecem a incerteza em relação ao aumento de renda futura (63%) e à situação macroeconômica do Brasil (58%).  “A macroeconomia piora a situação financeira geral do país, em especial a possibilidade de aumento real de renda e a queda da taxa de juros, o que diminui a parcela na compra do imóvel”, diz Tadeu. 

Fonte: Comportamento do Consumidor e as Tendências para 2023/ Brain Inteligência Estratégica

 O estudo mostra que a maioria das pessoas, porém, está esperançosa quanto à própria situação financeira no futuro. 66% acreditam que vão conseguir economizar mais e 61% esperam um aumento no fluxo de renda nos próximos anos.

Publicidade

Fonte: Comportamento do consumidor e as tendências para 2023/ Brain Inteligência Estratégica

Enquanto isso, para 50% dos entrevistados, o acesso a crédito é o principal fator que proporcionaria um adiantamento no sonho de comprar um imóvel. Por outro lado, aspectos macroeconômicos como a queda da inflação (22%) e a queda na taxa de juros (31%) são menos importantes para os consumidores do que aspectos individuais, como aumento de renda (49%) e desconto no momento da compra (38%). 

Fonte: Comportamento do consumidor e as tendências para 2023/ Brain Inteligência Estratégica

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Confira nossas

WEBSTORIES

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Copa do Mundo influencia mercado imobiliário do Catar

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Veja como fazer um upgrade e mudar de casa

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Brasileiros preferem adquirir imóveis usados em relação aos lançamentos

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Conheça as diferenças entre condomínio vertical, horizontal, residencial e comercial

3 minutos de leitura