Notícias

São Paulo: Quase 80 mil imóveis novos foram vendidos nos últimos 12 meses, segundo Secovi-SP

Cidade tem oferta de quase 60 mil unidades novas, mas apenas 1.080 tem mais de 180 m²

Por: Redação, Estadão Imóveis 03/04/2024 1 minuto de leitura
vendas-unidades-sao-paulo
Vendas e lançamentos de imóveis enquadrados no Minha Casa, Minha Vida apresentam tendência de alta/Crédito: Cavan/AdobeStock

Publicidade

Nos últimos 12 meses (março de 2023 a fevereiro de 2024), a cidade de São Paulo registrou a venda de 79,2 mil imóveis novos, de acordo com a Pesquisa Secovi-SP do Mercado Imobiliário (PMI). Deste total, 37,7% foram de unidades enquadradas no programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e 52% de Outros Mercados, como alto e médio padrão. O Valor Geral de Vendas (VGV) total dessas transações ultrapassou R$ 45,3 bilhões.

+ Lançamentos do Minha Casa, Minha Vida registram alta em 2023

No mesmo período, 77,1 mil novas unidades foram lançadas na capital paulista, sendo 51% do MCMV e 49% de Outros Mercados, o que simboliza o crescimento do segmento econômico impulsionado pelas alterações de limites e subsídios aprovadas em meados de 2023 no MCMV.

Vendas em fevereiro

Os dados das transações de imóveis em fevereiro ajudam a consolidar a tendência de crescimento no número de vendas e lançamentos de imóveis econômicos em São Paulo. No segundo mês de 2024, 6.600 unidades residenciais novas foram negociadas na cidade, sendo que 53% delas foram enquadradas no MCMV (3.498 unidades). A zona sul liderou o número de vendas com 33% (2.179) das unidades transacionadas na cidade. 

Publicidade

+ Os 5 melhores PFs da zona sul de São Paulo, de acordo com chefs

Neste mesmo período, a cidade registrou o lançamento de 4.467 unidades residenciais, com 63% delas (2.815) também do segmento econômico, segundo o levantamento do Secovi-SP. Entre os lançamentos, a zona leste se destaca, com 41% das unidades lançadas em São Paulo. 

Com essas adições ao mercado imobiliário paulistano, a oferta de imóveis na cidade de São Paulo alcançou a marca de 59.702 unidades residenciais, sendo 22.783 do segmento econômico e 36.919 de Outros Mercados. 

Destaca-se, ainda, que imóveis de 30m² e 45m² de área útil lideraram em todos os indicadores: 49% dos lançamentos (2.202 unidades), 56% das vendas (3.702 unidades), 48% da oferta (28.768 unidades). 

Publicidade

NEWSLETTER
IMÓVEIS

Inscreva-se e receba notícias atualizadas do mercado de imóveis

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Confira 5 dicas para combater o mofo em casa

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Condomínios incentivam ações solidárias para ajudar os mais afetados pela pandemia

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Afinal, qual a diferença entre locatário e locador?

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Como preservar os móveis e eletrodomésticos por mais tempo

3 minutos de leitura