Não é porque você vai mudar para um apartamento que precisa se privar de ter um cachorro. Os de porte pequeno e médio são os mais indicados para espaços pequenos. Veja uma seleção de raças para criar em apartamento, indicada pela veterinária Vivian Lima, da Clínica Evet Especialidades, em São Paulo.

  • Lhasa Apso

Cães desta raça têm o hábito de vigiar a porta de casa ou a janela e latir para alertar. Pode ser um bom cão de guarda, porém um problema para vizinhos com sono leve. Apesar de alegres, não são receptivos com estranhos e tendem a ter ciúme de seus pertences – de comida a brinquedos.

  • Cavalier King Charles

Por ser uma raça de fácil adaptação a novos locais, o cavalier é uma ótima opção para quem mora em apartamento. São ideais para famílias com crianças e idosos, devido ao seu temperamento tranquilo e cativante. Porém, ao mesmo tempo que ele está disposto a tirar uma soneca, pode te surpreender querendo gastar um pouco de energia.

  • Yorkshire Terrier

Os Yorkshire Terrier se adaptam a tutores que moram sozinhos e também a lares com grandes famílias e crianças. Precisa de alguém que imponha as regras, caso contrário, apresenta comportamentos inadequados, como fazer xixi e cocô no lugar errado. É uma raça cheia de energia e que gosta de alertar o dono ao perceber algo estranho.

  • Poodle

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.
É uma raça protetora da casa e da família. Pode ser um ótimo cão de guarda
– e até atacar alguém que se aproximar da residência. Algumas das atividades que poodles mais gostam de fazer é procurar objetos, caçar, treino de agilidade e obediência. São muito inteligentes e aprendem rapidamente o que podem e o que não pode fazer.

  • Pug

A raça é altamente recomendado para quem mora em apartamento porque não exige muito espaço para queimar energia. Contudo, o pug é bem apegado aos humanos e pode apresentar dificuldade em ficar sozinho por muitas horas.

  • Lulu da Pomerânia

Também conhecido como Spitz Alemão, esta raça, apesar de pequena, é capaz de desafiar uma ameaça para proteger a sua família e pode ficar receosa com visitas e estranhos. O lulu da pomerânia não é lá muito quieto. Por isso, exige adestramento para que não lata em excesso e incomode os vizinhos.

  • Pinscher

São cães inteligentes, mas apresentam temperamento irritadiço e certa dificuldade em aceitar muitos integrantes da família. Com crianças pequenas, é recomendável que haja supervisão quanto às brincadeiras feitas com ele.

  • Vira-lata

Os cães sem raça definida também são ótimos para apartamento, quando adequados ao tamanho do imóvel. Eles podem necessitar de atenção especial no início, até identificar o perfil do pet, já que alguns possuem históricos de agressão e abandono.