Com os cinemas fechados devido à pandemia, certamente os amantes de filmes estão sentindo falta de assisti-los em telonas de alta resolução, sistema de som de qualidade, confortáveis poltronas e saletas completamente escuras. Porém, como ainda não há previsão para o fim total da quarentena, a boa notícia é que com um pouco de espaço e bom gosto, é possível criar a sua própria sala de cinema em casa.

1 – Cômodo

Segundo Dâmmaris Lourrany, arquiteta especializada em interiores, é necessário que haja ao menos uma parede grande o suficiente para acomodar o sofá e que, em frente a ele, seja possível posicionar a televisão.

A arquiteta também chama atenção para a circulação entre o móvel e o aparelho. “A distância entre os dois também é importante e é necessário no mínimo 80 centímetros para uma passagem confortável”, recomenda. “Se o sofá for retrátil, considerar a medida maior enquanto o sofá estiver aberto é essencial”, ressalta Dâmmaris.

2 – Mobília

Sala de cinema sem um bom sofá ou poltronas confortáveis não é sala de cinema. A especialista ainda salienta a relevância do móvel: “É ele quem permite uma verdadeira experiência durante o filme e sem dúvida é também um mobiliário imprescindível para este ambiente. Dê preferência aos sofás com boa estrutura e acabamentos. Tecidos como lona, sarja e linho conferem beleza, aconchego e sofisticação ao móvel”, aconselha Dâmmaris.

3 – Espaço

Com relação à área disponível, a arquiteta destaca as proporções. “Para quem tem pouca área livre com um único sofá preenchendo a parede em frente a tela e um bom sistema de áudio e vídeo, já é possível ter uma boa experiência em um local menor”, afirma. Para aqueles que contam com muito espaço, é possível mesclar o mobiliário com poltronas, pufes e sofá mantendo uma linguagem no design das peças. “Mesas de apoio, local para preparar lanches e aperitivos enquanto assiste a filmes e séries também é privilégio de ambientes maiores.”

4 – Investimento

Sobre os gastos, a arquiteta afirma que eles variam de acordo com a pretensão de cada morador em relação à sala de cinema na residência. Se for um cômodo para cinema completo com automação, sistema de áudio, iluminação, acústica, desníveis de degraus, mobiliário específico e copa para preparo dos alimentos, o investimento será maior. “Com um espaço mais simples, sem todo esse aparato, consequentemente o investimento será menor”, conclui.

5 – Montagem

Dâmmaris sugere que, antes de realizar a montagem da sala de cinema em casa, seja feito um estudo do ambiente por meio das medidas do cômodo. “Assim, é possível analisar a melhor distribuição e também o tamanho mais indicado para os móveis.”

TV

Com relação à TV, a profissional aponta que é fundamental que ela fique posicionada de costas para a janela, pois a luminosidade causa reflexos. “Aliás, isso se aplica também à luz artificial. Evite pontos de luz direta em cima da televisão, prefira nas laterais”, completa.

Iluminação

Para a iluminação, Dâmmaris recomenda o investimento em cortinas e blackouts, para que o ambiente seja o mais escuro possível.


Som

Por fim, uma boa dica para a som, e que também funciona como elemento de conforto térmico, é o tapete: um jeito simples de contribuir para o isolamento acústico do ambiente.