Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Guia de Bairros / Parque São Domingos: região se transformou em bairro nobre

Parque São Domingos: região se transformou em bairro nobre

Fazendas, indústria, infraestrutura tardia e transformação: região da zona oeste é hoje valorizada e repleta de imóveis de alto padrão


Da Redação

16/09/2020 - 3 minutos de leitura


Atualmente é um território majoritariamente residencial, de alto padrão, arborizado e conta com poucos prédios/ Foto: Getty Images

Há pouco mais de cem anos, ainda no século 19, o distrito do Parque São Domingos era somente parte integrante das fazendas do coronel Anastácio de Freitas Trancoso – à época, dono de uma grande parte do que é hoje a zona oeste da capital paulista.

Leia mais:
Jardins e Moema têm os condomínios mais caros de São Paulo
ESPECIAL: história e cultura no coração da zona oeste
Pinheiros: lazer, trabalho e comércio intenso no mesmo lugar

A propriedade cultivava chás e cereais e passou por muitas mãos – inclusive às de Brigadeiro Tobias de Aguiar e sua mulher Domitila, a Marquesa de Santos. Na virada do século 19 para o 20, o terreno foi, pouco a pouco, retalhado em sítios de portugueses que cultivavam flores e verduras para abastecer o mercado central.

Em 1917, parte da fazenda passou para as mãos da Companhia Armour do Brasil. A industrialização começou a mudar o perfil rural da região. E, na década de 1950, a chegada de imigrantes, muitos deles italianos, foi determinante para batizar o bairro. Trata-se de uma homenagem a São Domingos Sávio, que morreu aos 14 anos e foi canonizado por Papa Pio XII em 1954.

Se a infraestrutura urbana demorou a chegar – até a década de 70, não havia linha de ônibus a serviço do bairro –, quando chegou, transformou a região: já nos anos 1990 estava consolidado como um bairro nobre.

Atualmente é um território majoritariamente residencial, arborizado e conta com poucos prédios. Principalmente casas de alto padrão ocupam as largas avenidas da região e sua qualidade de vida é de nível europeu: o Índice de desenvolvimento Humano (IDH) do Parque São Domingos é equivalente ao da Grécia e Estônia.

Preço

Segundo a Pesquisa de Mercado da Capital do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SP), o preço médio por metro quadrado (m²) de uma casa no bairro do Parque São Domingos é de R$ 3.469,55 e de um apartamento é de R$ 3.629,03. Já no aluguel, casas com um dormitório tem o valor médio de R$ 711,43. Com dois, R$ 1.326,74 e com três dormitórios, R$ 2.581,25.

Mobilidade

As rodovias Anhanguera e Bandeirantes, que cortam o bairro, favorecem o deslocamento dos moradores. Além disso, as opções de mobilidade oferecidas pela rede pública são as linhas de ônibus, administradas pela SPTrans, e a estação de trem Domingos de Morais, na linha 8-Diamante, do outro lado da margem do rio Tietê, operada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Educação

O bairro oferece ampla variedade de instituições de ensino. Entre elas estão a Escola Educação Infantil Dominguinho, a Escola De Educação Infantil Estação Educare, o Antares Colégio, o Colégio Baluarte e o Colégio Deta.

Saúde

O Parque São Domingos está próximo a uma completa rede hospitalar. O Hospital e Pronto Socorro Portinari, o Hospital Albert Sabin, o Hospital Metropolitano, o Hospital SBC Vila Leopoldina e o da rede pública Pronto Socorro Municipal Lapa – Prof. João Catarin Mezomo atendem a moradores do bairro.

Lazer

Um dos principais atrativos da região é o parque que batiza o bairro. Com 80 mil m², dispõe de quadras, campo de futebol, pista de caminhada, churrasqueiras, aparelhos de ginástica, playground e anfiteatros.

Outro espaço de lazer – que tem a propriedade disputada com o vizinho Pirituba – é o Parque Cidade de Toronto. Criado a partir de um programa de intercâmbio pelas prefeituras de São Paulo e da cidade canadense, o local tem como diferencial brinquedos típicos do Canadá.

Perto dali está o Ceagesp, um dos maiores centros atacadistas de alimentos da cidade, onde cerca de 50 mil pessoas circulam diariamente. São mais de 20 mil m² de feira livre comercializando diversos produtos agrícolas e até mesmo artesanatos. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento é das 7h às 20h de segunda à quinta-feira, sexta-feira das 17h às 22h e durante os fins de semana, das 7h às 13h. No mesmo local acontece também a feira de plantas e flores, com exposição de diversas espécies. O funcionamento é de terça e sexta, sempre das 0h às 9h30, ou de segunda e quinta, das 2h às 14h.

Para aqueles que adoram ir às compras, a opção mais próxima é o Tietê Plaza Shopping. Ele possui mais de 200 lojas, sete salas de cinema e academia distribuídas em três pavimentos. O complexo acomoda ainda estacionamento coberto para 2.400 vagas.

Gastronomia

O bairro da Parque São Domingos oferece um grande leque de bares e restaurantes, como o Bem Brasil Costelaria (Avenida do Anastácio, 591) e seu churrasco e as diversas opções de pratos grelhados. O Bar do Peixe (Rua Abraham Lincoln, 35) agrada quem gosta de pescados e o Hayashi Sushi (Avenida do Anastácio, 613) tem cardápio dedicado à comida japonesa.

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas