Imagine uma casa clean, um ambiente aconchegante, sereno, neutro. O lar que vamos conhecer agora é o oposto disso. Um dos nomes de destaque na arte contemporânea, Cary Leibowitz, gosta de tudo: cores, estampas, propagandas, cultura americana, letras, desenhos, marcas. Seu perfil no Contemporary Jewish Museum o descreve como alguém que mistura suas obsessões com a cultura popular e as belas artes com elementos da opinião pública, uma pitada de auto-aversão, crítica institucional e comédia stand-up. “Seu trabalho consegue mesclar perfeitamente comédia e neurose de tal maneira que questões sobre aparência e identidade se tornam frequentes.”

Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.
Leia mais:
Como fazer crianças em crescimento caberem em espaços que não crescem?
Veja como ter uma casa segura para crianças
Como readequar seu ninho vazio