Voltar
IMÓVEIS

Buscando sugestões para:


Página inicial / Guia de Bairros / Interlagos: entre lagos e a Fórmula-1

Interlagos: entre lagos e a Fórmula-1

Bairro foi batizado por se localizar entre as represas de Guarapiranga e Billings, como a região suíça de Interlaken


Da Redação

23/11/2020 - 3 minutos de leitura


A construção do autódromo trouxe valorização imobiliária para a região/ Foto: Getty Images
Assine nossa newsletter e receba por e-mail as principais notícias e dicas.
Fique tranquilo, não enviamos SPAM.
Quero me cadastrar para receber informações relevantes por e-mail. Fique tranquilo, não fazemos SPAM.

Localizado na zona sul de São Paulo, o bairro de Interlagos surgiu oficialmente em 1920. Na época, o engenheiro britânico Louis Romero Sanson, responsável pela construção do Aeroporto de Congonhas e pela Avenida Washington Luís, planejava criar um resort entre as represas de Guarapiranga e Billings e desenvolver um bairro balneário satélite, visando as classes econômicas mais altas da cidade.

Para o projeto, que contou inclusive com a criação de uma praia artificial com areia vinda de Santos, Sanson teve o apoio do urbanista francês Alfred Agache. Foi ele quem deu nome à região por encontrar nela semelhanças com a cidade de Interlaken ou “entre lagos”, na Suíça.

O plano futurístico de Sanson, que projetava ainda incluir no território um autódromo, um hotel, um ginásio esportivo e centros de lazer, incentivando as pessoas a procurar atrativos fora do centro da cidade, esfriou com a crise econômica de 1929, nos Estados Unidos, e com a revolução de 1932 em São Paulo, sendo retomado apenas na metade da década seguinte.

A construção do autódromo trouxe valorização imobiliária para a região. Em 1936, corridas de automóveis começaram a fazer sucesso no País e naquele ano a capital paulista recebia a sua primeira prova internacional nas ruas da cidade. O evento, entretanto, teve um desfecho trágico, com a morte de cinco pessoas.

Foi apenas em 1972 que o Autódromo José Carlos Pace recebeu seu primeiro Grande Prêmio de Fórmula-1, ainda fora do calendário oficial da categoria. No ano seguinte, foi integrado ao circuito oficial e viu a vitória do brasileiro Emerson Fittipaldi, correndo pela equipe Lotus. Atualmente, a região une conforto e praticidade, pois os moradores estão perto de tudo, como padarias, restaurantes, bares, bancos, supermercados, academias e ampla área para diversão, com parques, praças e shoppings.

Preço

Segundo a Pesquisa de Mercado da Capital do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SP), o preço médio por metro quadrado (m²) de uma casa no bairro de Interlagos é de R$ 3.469,55 e de um apartamento é de R$ 3.629,03. Já no aluguel, casas com um dormitório tem o valor médio de R$ 711,43. Com dois, R$ 1.326,74 e com três dormitórios, R$ 2.581,25.

Mobilidade

Passa pelo distrito a importante avenida Senador Teotônio Vilela e as seguintes vias: Avenida Atlântica, Rua Leonardo Di Fásio, Avenida do Rio Bonito, Avenida Interlagos e Rua Nicolau Alayon.

A região é atendida por diversas linhas de ônibus e possui duas estações da Linha-9 Esmeralda da CPTM: a Autódromo, situada próxima ao autódromo e daí o seu nome; e a Primavera-Interlagos, que recebeu seu nome por estar próxima ao bairro do Jardim Primavera.

Educação

O bairro acomoda diversas opções de ensino de alto nível, como os colégios Humboldt, Santa Maria, Dimensão, Salgueiro e a Escola Municipal de Ensino Fundamental Plácido de Castro. Está lá também a Faculdade Centro Paulistano Interlagos e o Campus Interlagos da Universidade de Santo Amaro.

Saúde

A região de Interlagos abriga o Hospital Maternidade Interlagos, Ambulatório Maternidade Interlagos e o Ambulatório Médico de Especialidades (AME).

Lazer

Para os momentos de lazer, os moradores dispõem do já citado autódromo, do Shopping Interlagos, equipado com amplas salas de cinema, e do Sesc Interlagos, um dos maiores e mais bem equipados da cidade.

O Sesc Interlagos dispõe de um terreno de 500.000 m², com um conjunto aquático com três piscinas, ginásio poliesportivo coberto, quadras poliesportivas descobertas, campo de futebol oficial, campos de grama sintética, quadras de tênis, área de show ao ar livre com capacidade para 15 mil pessoas, café campestre, teatro com 330 lugares e área de exposições com 1.200 m².

Gastronomia

Toda Avenida Atlântica é margeada por ótimos bares e restaurantes. Alguns dos mais famosos são o Armazém da Fazenda (Av. Atlântica, 4069), o Prainha Bar e Grill (Av. Atlântica, 3744/4000) e o Restaurante Baião de Dois (Av. Atlântica, 2680). Duas pizzarias da região são destaque: a premiada Holly’s (Av. Ipanema, 392) e o tradicional rodízio da Casa da Pizza (Av. Atlântica, 3999).

AVALIAR ESSE ARTIGO
Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login


Notícias relacionadas