Capa Principal

Guia de Bairros

Cangaíba

Com um território de 16 quilômetros quadrados e população de 136.523 habitantes segundo o INFOCIDADE da Prefeitura de São Paulo, Cangaíba é o distrito mais populoso da área da Subprefeitura da Penha

Com um território de 16 quilômetros quadrados e população de 136.523 habitantes segundo o INFOCIDADE da Prefeitura de São Paulo, Cangaíba é o distrito mais populoso da área da Subprefeitura da Penha. O nome do bairro deriva do termo utilizado pelos grupos indígenas, os Ururaí (povo do rio do lagarto em tupi guarani), para definir a terra onde viviam: “lugar na mata com frutas”. 

A pesquisadora Adriana Lopes, especialista na história dos bairros da zona leste, afirma ter encontrado registros antigos comprovando que a grafia correta é CangaíVa, com V em vez do B. Apesar do apoio da Subprefeitura local à sua tese, a Prefeitura ainda não se pronunciou sobre a alteração nos registros oficiais da cidade.   

A origem do bairro remonta ao século 16, quando ali chegaram os primeiros colonizadores portugueses e padres jesuítas à região da Penha. A colina onde hoje está a famosa igreja do bairro foi o local seguro encontrado pelos religiosos para construir o templo que é o grande símbolo do distrito.

O núcleo inicial de Cangaíba também ficava em sua parte alta, em terras pertencentes a Dona Maria Carlotta de Mello Franco Azevedo, uma rica latifundiária que herdou propriedades do marido. Foi dela a primeira linha telefônica instalada no distrito.

O desenvolvimento de fato de Cangaíba se deu ao longo do século 20, a partir de sua ocupação por famílias de classe média e imigrantes italianos, espanhóis e japoneses. Eles ocuparam terrenos do loteamento de grandes chácaras nas décadas de 1920 e 1930, que ao longo do tempo se converteram em pequenas vilas residenciais.

Cercado por grandes parques, o bairro tem na vizinhança o Ecológico do Tietê e o Linear do Tiquatira, Cangaíba tem uma das maiores áreas verdes da cidade. Atualmente, a região está se expandindo com projetos de verticalização que estão fazendo surgir prédios de até dez andares. Mas mesmo diante das novas construções, ainda é possível encontrar imóveis da década de 1950, caracterizados pela simplicidade e pelas flores que decoram suas janelas, algo raro em uma metrópole cada vez menos humana.  

Mobilidade

Na rede pública de transportes de alta capacidade, a região conta com a Estação Engenheiro Goulart, que integra as linhas 12-Safira, que faz conexão com a Estação Brás, da linha 3-Vermelha do Metrô, e 13-Jade da CPTM. Esta linha foi inaugurada em 2017 para promover a ligação ferroviária do centro de São Paulo com o Aeroporto Internacional de Guarulhos. Em função disso, a estação passou por uma grande reforma entre 2014 e 2017, ano em que foi reinaugurada.

A velha parada inaugurada em 1926, que pertencia a variante de Poá da antiga Estrada de Ferro Central do Brasil, ganhou novos banheiros, acessos e passarelas. Atualmente, a GRU Airport, concessionária que administra o complexo aeroportuário de Guarulhos, está construindo um People Mover, um aeromóvel que ligará a Estação Aeroporto da CPTM aos três terminais de Cumbica. A previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2024.  Na avenida Dr. Assis Ribeiro, paralela à Estação Engenheiro Goulart, muitas linhas de ônibus conectam o bairro a outros pontos do centro e zona leste.

Educação

Localizada na vizinha Vila Guaraciaba, a USP Leste é um grande ativo para os moradores da região de Cangaíba. Inaugurada em 2005, a Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo levou o ensino superior público de qualidade para a região mais populosa da cidade. Atualmente, são oferecidos mais de 20 cursos de graduação (além de pesquisa e pós-graduação) nas áreas de ciências, humanidades e artes na unidade. Em 2022, a USP Leste contabilizava 4.395 alunos matriculados na graduação e 889 na pós-graduação. 

Cangaíba tem boa oferta de colégios de ensino médio, fundamental e infantil. Entre os particulares, um dos mais conceituados é o Colégio Pukar. A instituição adota o sistema PeC de Ensino, programa de livros que visa promover a construção gradativa de conhecimentos de forma reflexiva e contextualizada. 

O bairro conta também com uma unidade da rede Kumon. A unidade oferece os cursos de português, matemática e inglês e japonês. 

Mais uma opção próxima para os pais do distrito é o Colégio Machado de Assis. Fundado em 1997, iniciou suas atividades com a educação infantil. Em 1999, ampliou seus espaços e foi a primeira escola a implantar o ensino médio na região, além de pioneira ao aceitar alunos com necessidades especiais no distrito. No ensino público, Cangaíba tem as escolas EMEI Alfredo da Rocha Viana Filho – Pixinguinha, EMEF Cecilia Meireles, EE. Professora Maria Augusta Corrêa, EE Professor Caetano Miele, EE Professora Annita Guastini Eiras, entre outras opções.

Saúde

Como a maioria dos bairros da zona leste são afastados do Centro, Cangaíba tem pouca oferta de equipamentos de saúde. Os complexos mais próximos estão na vizinha Penha, como o Centro Médico São Gabriel, administrado pelo grupo NotreDame Intermédica. A unidade conta com complexo cirúrgico no qual são realizados diversos procedimentos ortopédicos e oftalmológicos. O centro oferece também atendimento clínico em especialidades como cardiologia, dermatologia, gastroenterologia, pneumologia, obstetrícia regular e de alto risco, pediatria, pós-parto e psiquiatria.    

Um pouco mais distante, na Vila Matilde, está o Hospital Santa Clara. O complexo privado dispõe de pronto socorro, laboratório para exames diversos e está apto a realizar cirurgias de cabeça e pescoço, otorrinolaringológica, oncológica, ginecológica, pediátrica, bariátrica, ortopédica, neurológica e urológica.

No segmento público, a região conta com a AMA Cangaíba – Dr. Carlos Gentille de Mello e UBS Dr. José Pires, na vizinha Engenheiro Goulart. São equipamentos para procedimentos de baixa e média complexidade que atendem problemas como diarreia; dor de cabeça; resfriado ou gripe; escoriações por queda, acompanhamento de usuários com doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, crises de pressão alta e torções. As unidades funcionam de segunda às sextas-feiras das 07 às 19h. A AMA tem plantão também aos sábados, das 07h às 19h. 

Lazer

Ocupando uma área de mais de 1,5 milhão de m², o Parque Ecológico do Tietê (PET) faz parte da vida dos moradores de Cangaíba desde sua inauguração, em 1982. O acesso ao bairro é feito pelo principal núcleo do parque, o Engenheiro Goulart. Para quem vem de trem, há uma rampa pela plataforma da estação que fica a pouco mais de 100 metros da entrada principal do equipamento. 

Seu espaço é dividido em dois: um lado destinado à prática esportiva, com parque aquático, pista de cooper e quadras poliesportivas; do outro, um ambiente contemplativo, com projeto arquitetônico assinado pelo renomado Ruy Ohtake e um lago de 42 mil metros quadrados. Para além do uso recreativo, o PET tem uma função fundamental para a capital: sua área total de 14 milhões de metros quadrados funciona como uma bacia de acumulação de água para evitar enchentes na Marginal Tietê.

No Parque também estão os centros de treinamento de três importantes times de futebol de São Paulo. Os profissionais do Corinthians treinam no CT Joaquim Grava, próximo à USP Leste. O complexo esportivo corintiano é um dos maiores e mais modernos do País. A poucos metros dali está o CT da tradicional Portuguesa de Desportos. O local é utilizado pelos profissionais e categorias de base do time que já foi a quinta força do Estado, mas hoje está longe dos seus melhores dias. No lado oposto está o CT das categorias de base do Palmeiras, onde foram revelados craques como Gabriel Jesus, jogador da Seleção Brasileira e hoje no time inglês Arsenal, e Endrick, que aos 17 anos já foi vendido ao poderoso Real Madrid. 

Mas também há opção para quem busca lazer no próprio bairro. Inaugurado em 2015, o Parque Sabesp Cangaíba oferece bicicletário, equipamentos de exercício físico para a terceira idade, sanitários e rota de passeio que segue o percurso da tubulação do reservatório. O local possui rampas para facilitar o acesso de pessoas com deficiência e dificuldade de locomoção. No local, há cerca de 600 árvores das mais variadas espécies. 

Nas proximidades do Cangaíba, há dois grandes shopping centers. O mais próximo é o Metrô Itaquera. Com 260 lojas, sendo 10 âncoras, o centro de compras abriga as principais marcas do varejo exemplo de Renner, Riachuelo, Kalunga, Lojas Americanas, Daiso Japan, Extra Hipermercados, Casas Bahia, Lojas Marisa, C&A, Preçolândia, Besni, Pernambucanas e Magazine Luiza, além de um moderno complexo com oito salas cinema multiplex da rede Cinépolis e uma academia Smart Fit. O empreendimento também é conhecido por sediar o maior Poupa Tempo do Estado de São Paulo. 

Além do tradicional shopping, o Centro Comercial Aricanduva conta com o Interlar, megacomplexo do segmento moveleiro, e o Auto Shopping, mega loja que reúne 16 concessionárias de veículos e motos. O local abriga ainda dois hipermercados e uma unidade do Detran. O Cinemark Aricanduva oferece 13 salas de cinema, sendo uma 3D e outra Stadium, esta última com capacidade para dois mil espectadores.

Gastronomia

Clássico do bairro, o Restaurante Popeye é o preferido das famílias de Cangaíba para festas, confraternizações e aquele tradicional almoço de domingo. Aberto desde 1981, a casa tem menu variado com opções de carne, peixe, frango, frutos do mar e porco. Para paladares mais sofisticados, a pedida é o carré de cordeiro à italiana, com brócolis e batata dourada. Entre os pescados, destaque para o badejo grelhado à moda com brócolis ao alho e óleo, arroz à grega e alcaparra.  

As iguarias de água doce e salgada são o carro-chefe do Bar do Peixe. Tainha, pescada, tilápia, anchova e outros pescados grelhados com mandioca, batata frita e salada estão entre as opções da carta. Tudo muito simples, mas bem feito. 

Reduto de nordestinos e descendentes, a zona leste tem alguns dos melhores restaurantes da culinária daquela região na cidade. Uma das boas casas do gênero é a Casa do Norte Tradição. Da cozinha do estabelecimento, situado no vizinha Engenheiro Goulart, saem pratos saborosos e generosos como o Dona Maria (costela bovina com baião de dois, mandioca e muito coentro) e o Lampião (jabá, queijo coalho, mandioca, cebola, pimentão e pimenta biquinho), além do joelho de porco com feijão tropeiro. O cardápio também traz outros clássicos da culinária brasileira, como feijoada, rabada e dobradinha. Para acompanhar, o cardápio oferece uma extensa carta de cachaças e oferta de cervejas. 

Pertinho dali, o Bar da Linguiça III é famoso por seus petiscos e entradas com o embutido. Na ativa desde o final dos anos 60, a casa mudou de donos, mas continua sendo referência quando o assunto é feijoada na região. Além das fartas porções de linguiça artesanal, pratos como a costelinha grelhada com batata frita ou mandioca, vinagrete e farofa estão entre os mais pedidos do cardápio do tradicional estabelecimento de Engenheiro Goulart.  

Pet

Apesar da abundância de parques da região, nenhum deles conta com estrutura própria para entretenimento canino: o chamado “cachorródromo”, a área destinada para que os bichos possam brincar e correr sem guias e coleiras. No Parque Ecológico do Tietê a presença deles não é permitida, por se tratar de área com presença de animais silvestres. No distrito, apenas a praça Maria Lorecchio Basílio conta com o chamado parcão, área separada por grades especialmente para eles. 

Na área de serviços, o bairro tem uma das unidades da rede de hospitais veterinários África Pet. O centro está equipado para procedimentos cirúrgicos, possui área de internação e equipamentos para realização de exames, como raio x e ultrassom, além de laboratório de análises clínicas.    

No Parque Sabesp Cangaíba está a sede do projeto Ecopatas. Fundada em 2018, a ONG promove coleta de tampinhas plásticas de garrafa e lacres de latas de alumínio. Os objetos são comercializados para custear a castração de cães e gatos abandonados. Em cinco anos de atuação, a entidade arrecadou 242 toneladas de tampas e quase 13 mil toneladas de lacres. Com isso, conseguiu realizar mais de 8.8 mil procedimentos cirúrgicos.  

Cultura

O principal ativo cultural do bairro é o Teatro Parque Flávio Império. Inaugurado em 1992, a sala administrada pela Secretaria Municipal de Cultura passou por uma reforma e reabriu suas portas em fevereiro de 2015. O teatro, que homenageia em seu nome o cenógrafo, arquiteto, autor, diretor de arte e artista plástico Flávio Império (1935-1985), conta com algo raro em equipamentos culturais similares. Em seu anexo, há um grande parque com área verde aberta para a população local. 

O teatro tem programação variada e gratuita, com espetáculos de grupos profissionais de teatro, dança, artes circenses e música. Em novembro, será inaugurada no parque a instalação Pukuixê Okinha, uma obra feita com a milenar tecnologia de construção arquitetônica indígena.

Para o público em geral, o bairro conta com uma grande casa de espetáculos. É a Arena Sertaneja. Localizada na rua Dr. Assis Ribeiro, o espaço abriga shows de cantores, cantoras e bandas consagrados do sertanejo, pagode, brega, piseiro, samba e outros gêneros populares. Pelo seu palco já passaram nomes como Ferrugem, João Gomes, Turma do Pagode, É o Tchan, Xande de Pilares, Sorriso Maroto, Péricles, Matuê, Belo e Zé Vaqueiro, entre outros.   

Segurança

Mesmo com o recente início de verticalização, Cangaíba ainda mantém índices de segurança relativamente baixos. O bairro não está nas primeiras posições dos rankings de roubo e furtos a celulares, veículos e residências. Em 2022, o 10º DP da Penha de França, unidade policial responsável pelo perímetro, registrou quatro homicídios dolosos, mesmo número de ocorrências verificado de janeiro a setembro deste ano. 

Mas a relativa tranquilidade está sofrendo alguns abalos. Em 2023, houve um leve crescimento nas estatísticas de roubos e furtos na área de atuação do distrito. No primeiro semestre de 2022, foram 1573 delitos dessa natureza registrados na unidade policial. No mesmo período deste ano, houve 1779 crimes desse tipo, aumento de 13,1%. A estatística contabiliza subtração de bens pessoais (bolsas, celulares, mochilas e etc) e assaltos a casas e condomínios. Roubos e furtos de carros tem estatística à parte. 

Localização

O bairro está localizado ao lado da rodovia Ayrton Senna e está próximo à Rodovia Presidente Dutra, as duas principais rotas de acesso ao Vale do Paraíba e ao Rio de Janeiro, a partir da capital paulista. Cangaíba é vizinho de Guarulhos, onde fica o Aeroporto Internacional de Cumbica e dos bairros da Penha e Engenheiro Goulart. Está localizado a 15,6 quilômetros da Praça da Sé, 12,7 quilômetros do Terminal Rodoviário do Tietê, 26 quilômetros do Aeroporto de Congonhas e 14 quilômetros do Aeroporto de Cumbica. 

Notícias relacionadas

Imagem destacada

Plano & Plano vai além do Casa Verde e Amarela e lança edifício com foco em locação

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Iguatemi inaugura prédio ‘padrão Faria Lima’ colado em shopping em Campinas

2 minutos de leitura
Imagem destacada

Com 'custo verde', Califórnia vai pagar caro para deixar novos edifícios mais ecológicos

3 minutos de leitura
Imagem destacada

Plantas perfumadas: decore sua casa na medida certa para o seu olfato

3 minutos de leitura